GT3 Brasil: Emerson Fittipaldi encerra temporada no pódio em Interlagos

Bicampeão Mundial de Fórmula 1 correu com Valdeno Brito, formando a dupla dos US$ 3 milhões.

Uma dupla de “pilotos milionários” subiu ao pódio neste domingo, na etapa de encerramento do Telefônica Speedy GT3 Brasil. A 16ª prova do calendário, realizada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, terminou com nova vitória da dupla bicampeã da categoria, mas o que chamou a atenção foi o terceiro lugar de Emerson Fittipaldi e Valdeno Brito. O bicampeão mundial venceu duas vezes as 500 Milhas de Indianápolis e Brito faturou a Prova do Milhão da Stock Car.

Com um Porsche 997 GT3 Boxer da WB Motorsport, a dupla voltou ao pódio depois de três etapas – eles haviam terminado na segunda posição na primeira prova em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro –, e confirmou o entrosamento entre o bicampeão mundial de Fórmula 1 e o piloto da Stock Car. “A categoria está excepcional, e tivemos uma etapa muito emocionante neste fim de semana aqui em Interlagos, mostrando que as disputas ficaram mais equilibradas neste fim de campeonato”, disse Fittipaldi.

O bicampeão parabenizou a organização do evento, e disse que a GT3 deve fazer ainda mais sucesso no Brasil. “O campeonato está ótimo e uma das questões mais bacanas da competição é a existência de três gerações na pista. A primeira delas é formada por mim e pelo Wilson (Fittipaldi, seu irmão e também ex-piloto de F-1). A segunda é a geração do Ingo Hoffmann, e a terceira é formada pelos demais pilotos, como o Serrinha, filho do Chico Serra”, relembrou o tricampeão.

Sem esconder a admiração pelo jovem companheiro no Porsche 997 da WB Motorsport, Fittipaldi reconheceu o bom trabalho de Valdeno Brito na corrida deste fim de semana. “Disse ao Valdeno que, se ele não me entregasse o carro na quarta ou na quinta posições após a prova, poderia terminar a corrida sozinho porque eu não estaria mais nos boxes”, brincou o bicampeão mundial. “E ele conseguiu exatamente isso. Minha maior preocupação quando assumi o carro foi manter a posição, e no final ainda subimos mais um degrau no pódio”, acrescentou.

Valdeno Brito e Emerson Fittipaldi não dividiram o Porsche 997 em todas as oito rodadas duplas da temporada, principalmente em virtude de outros compromissos profissionais do bicampeão de Fórmula 1. Mesmo assim, o paraibano completou o campeonato em quinto lugar, a melhor posição de um piloto da Porsche na tabela.

“Correr com o Emerson Fittipaldi é sempre uma experiência fantástica, simplesmente nada menos do que isso”, disse ele. “Neste ano tive três parceiros diferentes, acabei em quinto no campeonato, e foi ótimo. A organização está de parabéns e espero que tenhamos uma GT3 ainda mais forte em 2009”, encerrou.

O resultado completo da etapa deste domingo do Telefônica Speedy GT3 Brasil foi o seguinte:

1º) A.Mattheis/X.Negrão (FG, RJ/SP), 34 voltas em 1:01:37.383 (média de 142.64 km/h)
2º) W.Ebrahim/F.Ebrahim (VC, PR/PR), a 5.651
3º) V.Brito/E.Fittipaldi (P9, PB/SP), a 11.459
4º) W.Salles/R.Rosset (FG, RJ/SP), a 15.757
5º) C.Ricci/R.Derani (F4, RS/SP), a 17.064
6º) A.Mazzochi/M.Stumpf (VC, RS/RS), a 20.944
7º) A.Colares/A.Giaffone N (VC, SP/SP), a 28.909
8º) P.Bonifacio/I.Hoffmann (LG, SP/PR), a 1 volta
9º) R.Cattalini/Jorge Neto (F4, PR/SP), a 2 voltas
10º) A.Feldmann/L.Kaesemodel (VC, PR/PR), a 3 voltas
11º) M.Hahn/D.Serra (F4, SP/SP), a 3 voltas
12º) C.Rosa/S.Lucio (F4, RS/SP), a 6 voltas
13º) W.Derani/G.Losacco (F4, SP/SP), a 11 voltas
14º) T.Marques/N.de Nigris (LG, PR/SP), a 15 voltas
15º) E.Nascimentos/L.Burti (VC, RJ/SP), a 23 voltas
16º) J.Pimenta/F.Casagrande (F4, SP/SP), a 33 voltas

Melhor Volta: W.Salles/R.Rosset, 1:36.250

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *