GT3 Brasil: Equipe da Copa Vicar estreia na Itaipava GTBR4

ATW Racing Team é uma das novidades do campeonato com os pilotos Cristiano Federico e Leonardo Medrado.

Considerada uma das equipes com melhor estrutura da Copa Vicar, categoria de base da Stock Car, a ATW Racing Team mudou de ares em 2010. Apareceu para os testes da semana passada, em Interlagos, e confirmou presença na próxima temporada do Itaipava GT Brasil, pela categoria Itaipava GTBR4, com um modelo Maserati Trofeo. O time estreia na categoria com uma dupla formada por Cristiano Federico e Leonardo Medrado.
“O evento vem crescendo muito e está atraindo cada vez mais pilotos porque oferece uma boa oportunidade para ganhar espaço”, afirma Leonardo Medrado, que convidou Cristiano Federico para formar dupla no Itaipava GT Brasil. Os dois correram juntos na ATW Racing Team quando o time estava na Copa Vicar. “Com o fim da categoria (que foi unificada com a Pick Up Racing) decidi aceitar o convite do Leo”, acrescenta Cristiano Federico. 
Apesar de estreantes, os dois demonstram bastante confiança para o campeonato de 2010. “Acho que para quem vem da Copa Vicar a adaptação é mais fácil, o carro é relativamente parecido, tem motor forte, tração traseira, fica um pouco mais simples”, analisa Cristiano Federico. Na opinião dele, a rápida adaptação e principalmente as mudanças técnicas para a próxima temporada aumentam as chances da dupla.
“A maior parte dos pilotos tem muita experiência com este modelo, mas a categoria é nova e foram feitas mudanças nas rodas e nos pneus, para deixar o carro mais rápido, então todo mundo vai precisar se acostumar. De uma forma geral, acho que é uma ótima hora para chegar e acredito que seja possível brigar pelas primeiras posições”, revela Cristiano Federico. Para a nova categoria, a ATW Racing Team manteve boa parte da estrutura que utilizava em 2009.
A ideia é fazer de 2010 uma temporada de sucessos, sim, mas acima de tudo de transição. “Aqui vai ser nossa base para a Itaipava GTBR3. É muito difícil tirar patrocinadores de uma categoria e levar para outra, mas o objetivo é entrar pela Itaipava GTBR4 e mostrar o evento aos patrocinadores para subir de categoria no ano que vem”. O parceiro dele, Leonardo Medrado, sabe exatamente o que fazer para o planejamento funcionar.
“No ano passado, o Cleber (Faria) mostrou que o campeão não pode ficar perdendo pontos de bobeira. Vamos buscar sempre os melhores resultados, mas mantendo a regularidade. Fomos bem nos primeiros testes, conseguimos tempos próximos da pole position da última etapa do ano passado, acredito que a equipe esteja no caminho certo”, conclui Leonardo Medrado. A prova de fogo já está agendada: dias 20 e 21 de março, em Interlagos.
É quando começa a temporada do Itaipava GT Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *