GT3 Brasil: Ferrari da equipe CRT larga na frente nas duas corridas

A dupla Rafael Derani e Claudio Ricci ficou com as duas poles para a quinta rodada dupla do Itaipava GT3 Brasil.

Sob frio intenso foram definidos os grids de largada para a quinta rodada dupla do Itaipava GT3 Brasil neste sábado (22) em Interlagos, São Paulo. O Ferrari F430 de Rafael Derani e Cláudio Ricci foi o responsável pelos tempos que garantiram o primeiro lugar nos grids da 9ª e 10ª etapas. Ainda hoje, a partir das 15h30, a categoria disputará a primeira prova do fim de semana, com transmissão ao vivo pelo site www.racetv.com.br. Além do site, a prova do domingo será mostrada pela Record News, novamente ao vivo, a partir das 12h00.

Na primeira corrida, que será realizada logo mais, Rafael Derani terá a seu lado, na primeira fila, o Porsche 997 que será conduzido por Miguel Paludo (parceiro de Ricardo Maurício). Antes de cravar sua marca, Derani entrou nos boxes para um rápido ajuste na pressão dos pneus. Ao retornar ele registrou 1min36s680, já nas voltas finais do treino classificatório. Complementando os cinco primeiros lugares estão Betinho Gresse (parceiro de Thiago Camilo em um Porsche 997), Marcelo Hahn (Allam Khodair, Ferrari F430) e Claudio Dahruj (Bruno Garfinkel, Lamborghini Gallardo).

Derani foi o piloto que deu o maior número de voltas para obter sua melhor passagem. “Não foi fácil. Peguei muito trânsito e estava com a calibragem dos pneus traseiros muito alta. O carro estava difícil de guiar, ‘escorregando’ bastante com a traseira. Eu estava rápido, mas não o suficiente para obter a pole. Entrei nos boxes e a calibragem foi corrigida. Quando voltei para a pista ‘virei’ o primeiro tempo. Na volta de desaceleração eu já acompanhava pelo rádio o tempo do (Miguel) Paludo e quando entrei novamente nos boxes já sabia que tinha sido o pole. Foi uma conquista sofrida, mas sofrido é mais gostoso”, comentou o piloto.

O segundo colocado Miguel Paludo não achou que perder a pole nos minutos finais do treino tenha sido algo negativo. “O carro melhorou muito nos treinos e para a classificação nós mexemos mais um pouquinho (no acerto), e ficou muito bom. Na minha primeira volta de pneus novos não usei tudo o que podia usar dos pneus, acho deveria ter exigido um pouco mais das frenagens. De qualquer forma na segunda volta eu já estava um décimo mais rápido. Mas então um Ferrari me atrapalhou um pouco na Subida da Junção. Bom, fico feliz com o resultado. O importante é largar bem e manter um ritmo de corrida competitivo, acho que podemos nos dar bem aqui”, analisou Paludo.

Para Norberto Gresse, o terceiro colocado no grid da primeira corrida, diante de todas as adversidades não dá para reclamar. “Considero que nossa equipe acabou indo razoavelmente bem. É importante dizer que, como nossa dupla é composta por dois pilotos classificados como Ouro, sempre carregamos 60 quilos de lastro a mais que os demais concorrentes. Isso, obviamente, não ajuda. E como obtivemos bons resultados em corridas anteriores, esse lastro subiu agora para um total de 90 quilos, como manda o regulamento da categoria. O mais importante é largar no ‘bolo’ (entre os primeiros) e tentar andar junto dos ponteiros para buscar uma colocação no pódio para a dupla”, resumiu o parceiro de Thiago Camilo, um duo que venceu a última corrida da rodada dupla anterior, em Londrina.

Corrida de domingo – Com a marca de 1min35s455, o gaúcho Claudio Ricci levou seu Ferrari F430 à pole position da 10ª etapa do Itaipava GT3 Brasil. “Estávamos bem confiantes de que iríamos brigar pela pole, e isso ficou demonstrado nos treinos de ontem e de hoje pela manhã. Quero até analisar os tempos dos trechos parciais de hoje. Acho que não consegui ser mais rápido que todas as minhas melhores marcas anteriores, mas acho que melhorei na maioria dos trechos. Estou superconfiante, nosso carro está muito bom e confiável. Para a corrida o que vale é o trabalho de equipe, o Rafael eu formamos uma dupla bastante parelha, o que de certa forma nos favorece aqui”, comentou Claudio Ricci.

Ao lado de Ricci na primeira fila larga o Ferrari F430 de Allam Khodair (parceiro de Marcelo Han). “Acho que nosso resultado na classificação foi muito bom. O carro respondeu bem aos acertos que fizemos durante os treinos livres e o segundo tempo no grid mostra claramente essa evolução. É lógico que é importante largar em segundo, por que nos dá maiores condição de brigar por uma vitória”, conclui Khodair.

Para Ricardo Maurício, vencedor de uma das etapas em Interlagos e de outra na última rodada dupla de Londrina, o resultado de sua tomada de tempos poderia ser melhor, mas não está ruim. O parceiro de Miguel Paludo largará em terceiro com seu Porsche 997: “Não estou triste pelo resultado. O terceiro lugar é excelente. Mas nosso carro em Interlagos acabou tendo um desempenho um pouco inferior ao dos Ferrari. Além disso, também estamos carregando 50 quilos a mais de lastro em função dos últimos resultados. Outra coisa que me deixa contente é que fizemos o melhor tempo que um Porsche de GT3 já registrou em Interlagos. O melhor tempo anterior era 1min35s8 do Valdeno Brito e hoje eu ‘virei’ 1min35s539. Isso mostra que o carro está evoluindo, que estamos no caminho certo, e isso é importante”, diz o piloto.

Confira os grids de largadas das provas que acontecem neste final de semana:

9ª etapa

1º) 3 – Rafael Derani (FE, SP), 1min36s680, média de 160,45 Km/h
2º) 5 – Miguel Paludo (PO, SP), a 0s111
3º) 6 – Betinho Gresse (PO, SP), a 0s252
4º) 16 – Marcelo Hahn (FE, SP), a 0s409
5º) 33 – Claudio Dahruj (LA, SP), a 1s266
6º) 77 – Fabio Ebrahim (FE, PR), a 1s393
7º) 7 – Ronaldo Freitas (PO, SP), a 2s117
8º) 70 – Walter Derani (FE, SP), a 2s296
9º) 19 – Chico Longo (FS, SP), a 3s593
10º) 18 – Fernando Poeta (FE, SP), a 4s812

10ª etapa

1º) 3 – Claudio Ricci (FE, RS), 1min35s455, média de 162,51 Km/h
2º) 16 – Allam Khodair (FE, SP), a 0s078
3º) 5 – Ricardo Mauricio (PO, SP), a 0s084
4º) 70 – Rodolpho Santos (FE, SP), a 1s128
5º) 6 – Thiago Camilo (PO, SP), a 1s451
6º) 18 – Duda Rosa (FE, RS), a 1s663
7º) 33 – Bruno Garfinkel (LA, SP), a 2s171
8º) 7 – Antonio Hermann (PO, SP), a 3s939
9º) 19 – Daniel Serra (FE, SP), a 5s970

Legendas: FE – Ferrari F430; PO – Porsche 997; FS – Ferrari Scuderia; LA – Lamborghini Gallardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *