GT3 Brasil: Irmãos Ebrahim foram bem nas corridas de Brasília

Os irmãos curitibanos Wagner Ebrahim e Fábio Ebrahim (Valorem/Transvalorem) fizeram a festa no fim de semana (14 e 15/6), indo ao pódio nas duas corridas da terceira etapa do Telefônica Speedy GT3 Brasil 2008, realizados no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília (DF). Na primeira corrida, Fábio Ebrahim chegou a estar em quinto lugar, mas se recuperou e junto com seu irmão concluiu a prova na terceira posição. Na segunda corrida, Wagner Ebrahim numa largada espetacular, chegou a liderar a prova mais uma vez, mas era impossível segurar os Ford GT, e, os irmão chegaram em 3º lugar.

Na primeira corrida, realizada no sábado, Fábio Ebrahim largou da quarta posição do grid e na largada caiu para o quinto lugar. Aproveitou a entrada do “safety car” para a retirada de carros batidos e encostou nos líderes. Na re-largada, ganhou uma posição, mas foi ultrapassado novamente por Gresse. Com a quebra de Elias Nascimento, assumiu o quarto lugar, com problemas na direção hidráulica. Wagner assumiu o carro e com três voltas perdeu a direção hidráulica. Mesmo assim, ganhou a terceira posição e abriu boa vantagem para o quarto colocado. A vitória foi de Xandy Negrão/Andréas Mattheis.

Wagner Ebrahim largou da terceira posição na segunda corrida, no domingo, e, com excelente manobra assumiu a liderança da prova, mas logo Xandy Negrão e Ricardo Rosset com os Ford GT, se recuperaram e ultrapassaram o piloto paranaense. Wagner manteve a performance da corrida anterior, abrindo vantagem do quarto colocado. Na troca de pilotos, passou o Dodge Viper para Fábio na 3.ª colocação, posição que manteve até o fim da corrida sem sofrer pressão do quarto colocado. A vitória foi de Rosset e Salles.

“E gostoso ver o resultado do nosso trabalho, com a conquista de dois pódios na corrida de Brasília. Tenho treinado muito para diminuir a diferença dos meus tempos para os do meu irmão e acho que está dando certo”, disse Fábio Ebrahim. “Nosso carro evoluiu bastante, mas os Ford GT estão muito rápidos. Para a próxima etapa vamos ganhar câmbio seqüencial e a FIA GT deve baixar alguma determinação, para que o equilíbrio na categoria prevaleça. Podemos levar alguma vantagem com isso”, concluiu Wagner Ebrahim.

Com as seis provas, das três etapas realizadas, a classificação do Telefônica Speedy GT3 Brasil 2008 é a seguinte:
1.º) Andreas Mattheis/Xandy Negrão (Ford GT), 44 pontos;
2.º) Ricardo Rosset/Walter Salles (Ford GT), 38;
3.º) Ingo Hoffmann/Paulo Bonifácio (Lamborghini Gallardo), 24;
4.º) Fábio Ebrahim/Wagner Ebrahim (Viper Coupé), 22;
5.º) Claudio Ricci/Rafael Ricci (Ferrari F340), 19;
6.º) Antonio Jorge Neto/Renato Catalini (Ferrari F430), e Norberto Gresse (Porsche 997), 15.

A próxima etapa está agendada para 12 e 13 de julho, no Autódromo Internacional de Interlagos, em São Paulo (SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *