GT3 Brasil: Matheis e Negrão dominam com Ford GT

Renato Cattalini e Antonio Jorge Neto sofrem com problemas na Ferrari F430.

A dupla Andreas Matheis/Xandy Negrão foi a grande vencedora da sexta rodada da Telefonica Speedy GT3 Brasil, realizada neste domingo no autódromo de Santa Cruz do Sul, na região do Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul. Com mais duas vitórias a dupla do Ford GT abriu uma folgada liderança no certame dos supercarros. Eles somam 81 pontos, contra 73 de Walter Salles/Ricardo Rosset (Ford GT).


Um dos maiores sonhos de consumo de qualquer pessoa que gosta de carros, a Ferrari F430 não conseguiu um bom desempenho na pista gaúcha. Anomalias eletrônicas e de câmbio comprometeram uma boa performance do carrão da equipe Pósitron/Greco. “Problemas fazem parte das corridas. O importante é que temos competência para a reação. É isto que queremos mostrar na próxima etapa”, comentou o piloto Renato Cattalini. A categoria agora visitará Curitiba (PR), nos dias 15 e 16 de novembro, para a penúltima rodada do torneio.


Na primeira prova do dia, válida pela 11ª etapa, Renato Cattalini largou muito bem e saiu da primeira curva na sétima posição. No entanto, a partir da terceira volta a Ferrari F430 apresentou alguns problemas no gerenciamento eletrônico, o que obrigou a entrada nos boxes. Mesmo com várias voltas perdidas para a reparação, depois de assumir a pilotagem Antonio Jorge Neto terminou em décimo.


Na 12ª prova da temporada Antonio Jorge Neto completou a primeira volta no 10º posto, e ganhou mais duas posições nas passagens seguintes. No entanto, uma anomalia no câmbio obrigou a equipe Pósitron/Greco recolher seu bólido antes da bandeirada final. “De estabilidade nossa Ferrari estava muito boa, mas problemas eletrônicos e de câmbio comprometeram um resultado melhor. Vamos revisar tudo e partir ara a próxima”, anima-se Jorge Neto.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *