GT3 Brasil: Moreno volta à categoria. Com as mãos na graxa

Ex-piloto de Fórmula 1 ficou de fora das duas primeiras rodadas duplas em virtude de um acidente em Tarumã.

O acidente em um treino livre ainda na rodada dupla inaugural da GT3 no Brasil, em Tarumã (RS), deixou o ex-piloto de Roberto Pupo Moreno de fora das quatro etapas disputadas até agora. Mas no próximo final de semana, em Curitiba (PR), enfim o experiente piloto faz seu retorno para o Brasil GT3 Championship. Em desvantagem em relação à concorrência, como ele mesmo admite, mas feliz em voltar, Roberto novamente surpreender ao ajudar os mecânicos a montar e revisar seu Ferrari F430: “É disso que eu gosto. Trabalhar em um carro como esses, falar de mecânica, ver peças tão bem construídas de perto. É um prazer”. Moreno, no entanto, não colocou macacão. Ajudou os mecânicos com a mesma roupa com a qual chegou ao autódromo na tarde desta sexta-feira.

“Estou muito feliz em pilotar novamente. Estava ansioso para que este final de semana chegasse logo. Foi uma pena não ter corrido as primeiras etapas em virtude do acidente em Tarumã, justamente quando eu estava pegando a mão do carro. Fomos atrapalhados ainda pela demora da chegada das peças da Europa. Então, nossa volta ao campeonato foi sendo adiada”, detalhou Moreno, que falou sobre sua desvantagem: “O acidente me pegou de jeito e agora estou em desvantagem porque não conheço a pista e ainda preciso me acostumar melhor ao carro. Para piorar, todos já correram aqui de GT3 e eu fiquei de fora”.

Moreno disse o que espera da rodada dupla no Autódromo Internacional de Curitiba: “Serão duas provas de reconhecimento, pois e meu parceiro (Carlos Crespo) temos que pegar a mão do carro novamente. Mas estou feliz em voltar. O carro ficou pronto há poucos dias, mas todos fizeram um trabalho fantástico. Estou muito contente também com a organização, que se empenhou em trazer uma categoria do porte da GT3 para o Brasil. É um prazer estar aqui”, comemorou.

Foto: Miguel Costa Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *