GT3 Brasil: Rafael Daniel e Claudio Dahruj vencem pela segunda vez em duas corridas em Interlagos

Dupla ganhou as duas provas do fim de semana de abertura da temporada do Itaipava GT Brasil.

Desta vez, eles não estavam largando na pole position, privilégio que era de Ricardo Maurício, com seu parceiro Bruno Garfinkel. Mas o resultado foi o mesmo da véspera: vitória da dupla Rafael Daniel e Claudio Dahruj na segunda etapa da temporada do Itaipava GT Brasil, disputada no domingo (21), no Autódromo de Interlagos – José Carlos Pace, em São Paulo (SP). Eles assumiram a liderança na oitava das 29 voltas, depois de uma rodada de Ricardo Maurício – que enfrentou problemas e parou no Laranjinha. Depois, não foram ameaçados nem durante a janela de pit stop.

“Parece que foi mais simples do que a primeira vitória, mas na verdade estava muito difícil, tinha bastante gente com chances de vencer”, comentou Rafael Daniel, que ao lado de Claudio Dahruj aumentou a vantagem na liderança do campeonato, depois de duas vitórias em 2010. Foi a terceira seguida da dupla em Interlagos – haviam vencido também a etapa final de 2009. Allam Khodair e Marcelo Hahn, que enfrentaram problemas no meio da prova e chegaram a despencar de segundo para oitavo lugar, terminaram numa lucrativa segunda posição.

“A corrida de hoje foi um pesadelo”, definiu Marcelo Hahn, depois do susto de ver outro bom resultado em risco. Na véspera, ele se envolveu num acidente durante uma relargada quando liderava. Os problemas dos concorrentes ajudaram Rafael Daniel e Claudio Dahruj, que conseguiram abrir boa diferença em relação aos principais adversários, a maioria com o mesmo carro deles, um Lamborghini Gallardo LP560. Chico Longo e Daniel Serra e João Adibe e Chico Serra, por exemplo, eram terceiro e quarto colocados quando receberam punições por excesso de velocidade nos boxes.

Davam adeus ao objetivo de eventualmente ameaçar a liderança de Rafael Daniel e Claudio Dahruj. E davam também um terceiro lugar de presente para Valdeno Brito e Mathues Stumpf, com Ford GT. “Conseguimos um segundo lugar ontem, um terceiro hoje, começar o campeonato assim é muito bom”, disse Matheus Stumpf. A dupla Xandy Negrão e Andreas Mattheis repetiu a boa performance da véspera, só que desta vez o bom desempenho apareceu na folha de classificação: terminaram em quarto lugar, também com Ford GT.

O mesmo carro de Leonardo Burti e Lico Kaesemodel, que completaram o pódio em quinto. Beto Monteiro e Júlio Campos, com Porsche 911 GT3 S, cruzaram a linha de chegada em sexto, depois de uma excelente disputa com os atuais campeões do Itaipava GT Brasil, Rafael Derani e Claudio Ricci. Mesmo com as punições, Chico Longo e Daniel Serra e Chico Serra e João Adibe terminaram a prova em sétimo e oitavo, respectivamente. Pedro Queirolo, com o Dodge Viper Competition Coupe, que já havia mostrado força no sábado (20), imprimiu ritmo forte e cruzou em nono.

“O carro estava muito bom e conseguimos fazer duas boas corridas para sair daqui com duas vitórias”, disse Claudio Dahruj. A próxima rodada dupla do Itaipava GT Brasil está marcada para os dias 24 e 25 de abril, em Curitiba (PR). Claudio Dahruj e Rafael Daniel lideram o campeonato com 40 pontos, seguidos por Matheus Stumpf e Valdeno Brito, com 32. Diante do domínio do Lamborghini Gallardo LP560, a organização do Itaipava GT Brasil já confirmou a realização de um teste de equalização dos carros, ainda sem data e local confirmados, mas certamente antes da próxima etapa.

O RESULTADO FINAL EM INTERLAGOS
1º) 8 – C.Dahruj/R.Daniel (LA, SP/SP), 29 voltas em 51:07.466 (média de 146,65 km/h)
2º) 16 – M.Hahn/A.Khodair (LA , SP/SP), a 3.387
3º) 7 – V.Brito/M.Stumpf (FO , PB/RS), a 22.890
4º) 9 – A.Mattheis/X.Negrão (FO , RJ/SP), a 25.371
5º) 5 – L.Kaesemodel/L.Burti (FO , PR/SP), a 27.782
6º) 2 – B.Monteiro/J.Campos (PO , PE/PR), a 37.543
7º) 19 – C.Longo/D.Serra (LA , SP/SP), a 50.720
8º) 77 – C.Serra/J.Adibe (LA , SP/SP), a 54.515
9º) 13 – Pedro Queirolo (VI , SP), a 59.007
10º) 30 – Cleber Faria (LA , SP), a 59.597
11º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 59.635
12º) 80 – M.Gomes/T.Viana (FE , SP/SP), a 1:42.940
13º) 70 – W.Derani/A.Pizzonia (FE , SP/AM), a 1 volta
14º) 15 – E.Ramos/L.Almeida (FO , SP/SP), a 1 volta
15º) 18 – F.Poeta/F.Carreira (FE , RS/SP), a 1 volta
16º) 57 – S.Laganá/A.Hellmeister (MA , SP/SP), a 2 voltas
17º) 21 – Valter Rossete (MA , SP), a 2 voltas
18º) 105 – Vanue Faria (LA , SP), a 2 voltas
19º) 55 – Renan Guerra (MA , SP), a 3 voltas
20º) 72 – C.Federico/L.Medrado (MA , SP/SP), a 5 voltas
21º) 75 – H.Assunção/C.Kray (MA , SP/RS), a 6 voltas
22º) 81 – C.Burza/A.Posses (MA , SP/SP), a 11 voltas
23º) 17 – M.Santanna/L.Vital (VI , SP/SP), a 14 voltas
24º) 82 – M.Mello/W.Freire (MA , SP/SP), a 16 voltas
25º) 4 – B.Gresse/R.Posses (PO , SP/SP), a 17 voltas
26º) 83 – A.Griecco/S.Melo (MA , SP/SP), a 21 voltas
27º) 33 – B.Garfinkel/R.Mauricio (LA , SP/SP), a 22 voltas
28º) 37 – Roberto Laganá (MA , SP), a 23 voltas

Melhor Volta: M.Hahn/A.Khodair, 1:36.592 (160,59 km/h)

OS DEZ PRIMEIROS NO CAMPEONATO
1 Claudio Dahruj/Rafael Daniel, 40 pontos
2 Matheus Stumpf/Valdeno Brito, 32
3 Andreas Mattheis/Xandy Negrão, 22
4 João Adibe/Chico Serra, 21
5 Beto Monteiro/Julio Campos, 21
6 Marcelo Hahn/Allam Khodair, 17
7 Bruno Garfinkel/Ricardo Maurício, 15
8 Thiago Viana/Marcos Gomes, 14
9 Pedro Queirolo, 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *