GT3 Brasil: Rafael Derani e Cláudio Ricci comemoram temporada excelente

Pilotos da CRT Brasil garantiram título do Itaipava GT3 Brasil com uma rodada dupla de antecedência.

“Foi uma temporada totalmente acima das expectativas”. “O ano foi excelente”. Os adjetivos só podem ser de alguém que terminou o ano com o título de campeão. A descrição do campeonato 2009 do Itaipava GT3 Brasil é dos pilotos campeões Cláudio Ricci e Rafael Derani, que competem com o Ferrari F430. A dupla da CRT Brasil somou cinco vitórias em 16 corridas disputadas e conquistaram o título com uma rodada dupla de antecedência.
Após as duas etapas realizadas no começo de novembro em Curitiba, Derani e Ricci puderam ir para a rodada dupla derradeira, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, disputada no último fim de semana, sem nenhuma pressão por resultados e com o sentimento de dever cumprido. Apesar do título por antecipação, ambos afirmaram que a temporada foi muito dura e competitiva.
“Foi uma temporada totalmente acima das expectativas. Começamos um trabalho no ano passado, com o objetivo de conquistar o campeonato neste ano e terminamos o ano como campeões. A equipe fez um trabalho incrível e conseguimos ganhar o título. Agora é focar cabeça em 2010 e tentar lutar para manter a conquista. Em momento nenhum do campeonato pudemos ficamos tranquilos. Todas as equipes eram muito fortes e sempre fomos ameaçados por todo mundo. Só ficamos tranquilos mesmo depois de Curitiba, quando conquistamos o campeonato”, disse Derani, que ao lado de seu parceiro foi premiado na noite de ontem (2) com o troféu Capacete de Ouro, oferecido pela revista Racing após votação de jornalistas especializados no segmento.
“O ano foi excelente. Tivemos uma regularidade muito boa, tanto que estivemos em quase todos os pódios. A categoria também foi evoluindo ao longo do ano, depois da crise econômica mundial que aconteceu no fim de 2008. O nível de pilotos e equipes foi muito forte, e a nossa equipe foi sensacional. O Rafael também evoluiu muito ao longo do ano. Foi uma combinação de fatores que resultou na conquista do título. A gente sabia que estava correndo contra pilotos e equipes muito fortes. Passamos a administrar a vantagem a partir da metade da temporada. As vitórias no começo do ano nos deram tranquilidade para o segundo semestre”, analisou Ricci.
A dupla foi a primeira a conquistar uma vitória com o Ferrari F430 no Itaipava GT3 Brasil, que, coincidentemente, também foi a primeira vitória dos dois na categoria dos carros dos sonhos.
“Vencer corrida sempre tem um sabor especial. E a nossa primeira vitória no ano juntou várias coisas. Foi a nossa primeira vitória no Itaipava GT3 Brasil, a primeira vitória da Ferrari aqui no Brasil, depois conseguimos conquistar o campeonato… Foi tudo muito bom”, enumerou Rafael.
“A vitória teve um sabor especial. A Ferrari teve um desempenho abaixo do esperado na temporada passada, tanto aqui no Brasil, como na Europa. O pessoal da organização conseguiu fazer um trabalho de equalização excelente dos carros, tanto que todas as marcas venceram pelo menos uma corrida no ano. O que prova que foi um campeonato muito competitivo. E o nosso segredo foi que conseguimos mesclar vitórias com pódios”, revelou Ricci.
Os dois pilotos da CRT se mostraram empolgados com o com a criação da GTBR3 e GTBR4 a partir do ano que vem. “Vai ser um grid com muitos carros, por isso vai ser um ano muito difícil e competitivo. Com novos pilotos, e muitos pilotos profissionais passando a correr na categoria. É impossível apontar algum piloto ou equipe que comece o ano como favorito”, comentou Cláudio.
“Eu acho que se o ano de 2009 foi sensacional, a temporada que vem vai ser ainda melhor, com muitos mais carros no grid. Se esse ano foi complicado, ano que vem vai ser mais ainda. Estou com uma expectativa muito grande para a próxima temporada”, afirmou Derani.
Sobre o Itaipava GT3 Brasil: Realizado por SRO Latin America, o Itaipava GT3 Brasil tem patrocínio da Itaipava e co-patrocínio da Pirelli. A Petrobras é o combustível oficial da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *