GT3 Brasil: Vencedores de sábado podem ficar fora da prova de hoje

Drama em Londrina: batida do piloto Miguel Paludo no warm-up desta manhã pode comprometer a participação da dupla.

O treino de aquecimento desta manhã jogou um balde de água fria nos ânimos da dupla que venceu em Interlagos no mês passado e repetiu a dose ontem (25/7) durante a sétima etapa do Itaipava GT3 Brasil, em Londrina. A categoria disputará hoje a oitava corrida do ano a partir das 12h00 e, nas primeiras voltas do warm-up, ainda com pista úmida, o gaúcho Miguel Paludo escapou de traseira e viu seu Porsche 997 GT3 Cup terminar na barreira de pneus, destruindo parte da dianteira do carro cuja pilotagem divide com o paulista Ricardo Maurício.

Segundo Washington Bezerra, chefe da equipe WB Motorsport, defendida pela dupla Paludo/Maurício, a parte mecânica não sofreu muitos damos. “Temos todas as peças mecânicas”, explicou. “O problema é na parte de fibra de carbono da dianteira do carro. Tivemos problemas ontem (sábado), com o mau tempo e a chuva, e por isso tivemos três quebras nessa área do carro. Vamos ver o que dá para fazer”, analisa Bezerra.

O chefe de equipe diz que o desafio agora é o pouco tempo até a largada. “A equipe vai ter que correr se quisermos alinhar este carro em condições”, disse Bezerra. “Estamos correndo contra o tempo, fazendo de tudo para colocar o carro na pista em perfeitas condições. Mas não há como prever se ficará pronto a tempo”, conclui o dirigente da WB Motorsport. Ricardo Maurício é o terceiro colocado no torneio, com 82 pontos. Miguel Paludo é o oitavo, com 51.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *