GT3 Europeu: Toque tira Ricci do pódio em Nogaro

Gaúcho deu novo show com a Ferrari na divisão européia da categoria.

Poucas vezes no GT3 foi visto um casamento tão perfeito entre piloto e carro como o de Claudio Ricci (Cielo/Mad Croc/Mahle) e a Ferrari F430. A décima etapa da divisão européia, realizada neste domingo em Nogaro, na França, serviu para confirmar cada vez mais a sinergia entre o gaúcho de Passo Fundo e a máquina de Maranello.


 


Depois de assumir o carro do parceiro argentino José Balbiani na 20ª posição de 35 carros no grid, Ricci deu um show de pilotagem – que já pôde ser visto em diversas provas do GT3 Brasil, onde ele compete com outro F430 –, escalando o pelotão até a disputa da terceira posição com o Aston Martin dos franceses Pierre-Brice Mena e Thomas Accary.


 


Quando foi dar o bote sobre Accary, que conduzia o carro naquele momento, houve um toque e Ricci levou a pior, perdendo duas posições. No fim, terminou em sexto e comemorou mais um resultado positivo no Velho Continente.


 


“Estou feliz por ter feito uma ótima corrida e ter sido novamente a Ferrari mais rápida e também no final da corrida o carro mais rápido, recuperando várias posições. Cheguei em sexto, mas com uma diferença de poucos segundos do segundo colocado”, salientou o gaúcho, que marcou a primeira pole da montadora italiana na categoria, na etapa anterior, em Brno, na República Tcheca.


 


Além disso, dois fatos marcaram o fim de semana na França e deixaram o brasileiro bastante satisfeito: o primeiro foi ter ajudado a Ferrari a conquistar o título por marcas, novamente com a volta mais rápida entre os modelos de Maranello. Depois, por ter feito frente ao piloto Henri Mozer, atual campeão da GT3 Européia, que correu também de Ferrari, na própria Kessel, onde Ricci conseguiu ser o mais veloz.


 


“Considero esse desempenho muito importante, pois atualmente a categoria passa por algumas definições de equalização. Então sempre comparo meus resultados entre as Ferrari, que são iguais”, explicou o gaúcho, que nem tem tempo de respirar: já está embarcando de volta para o Brasil, onde disputará a etapa de Santa Cruz do Sul do GT3 Brasil, marcada para o próximo dia 12, onde dividirá a condução da Ferrari amarela com Rafael Derani.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *