Heineken fecha com Fórmula E e aumenta força no esporte

A Heineken anunciou nesta segunda-feira (15) que será a marca de cerveja oficial da Fórmula E pelas próximas cinco temporadas. A divulgação foi feita em um evento realizado em Amsterdã, na Holanda, onde fica a sede principal da multinacional.

Pelo contrato, que não teve os valores revelados, além da designação de cerveja oficial da competição de carros elétricos, a Heineken terá direitos completos de acesso e ativações em todos os eventos da categoria, o que inclui provas em cidades como Nova York, Roma, Santiago e Cidade do México.

A marca deixou claro que, além da identidade visual, iniciativas digitais e experiências de fãs ao vivo, a parceria também servirá para promover ainda mais as mensagens de “Curtir com Responsabilidade” da Heineken, que é uma parte essencial da estratégia de sustentabilidade “Brewing a Better World” (“Preparando um Mundo Melhor”, em tradução livre) da empresa.

“A Heineken criou uma reputação de engajamento de fãs de primeira classe em várias propriedades de patrocínio de alto nível em todo o mundo. Estamos ansiosos para trazer sua experiência para o Campeonato ABB FIA de Fórmula E. É um momento empolgante para a categoria, e o envolvimento de uma marca global premium, como a Heineken, confirma que esta é uma propriedade que continua em ascensão”, declarou Alejandro Agag, fundador e CEO da Fórmula E.

“A Fórmula E dá à Heineken uma excelente oportunidade de se engajar com os atuais e potenciais consumidores das gerações millenials e Gen-Z em cidades importantes em todo o mundo. Faremos isso mostrando aos fãs facetas inesperadas e interessantes do esporte, ativando fortemente em torno de vários ePrixs selecionados em ambientes urbanos durante a temporada”, afirmou Gianluca Di Tondo, diretor global sênior da Heineken.

Com o novo acordo, a Heineken mostra cada vez mais o foco no esporte para expandir a marca globalmente. A multinacional é patrocinadora global da Fórmula 1, atual dona dos naming rights do GP do Brasil, e ainda tem em seu portfólio a Liga dos Campeões da Europa e a Copa do Mundo de Rúgbi.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *