George Russell vê situação “anormal” de Ocon na Fórmula 1

George Russell está aliviado. Recentemente, anunciado como piloto da Williams para 2019, o inglês terá um final de ano de mais tranquilidade para focar no título da Fórmula 2. A contratação do piloto de 20 anos pelo tradicional time britânico diminuiu mais uma possibilidade para a permanência de Esteban Ocon na categoria máxima do automobilismo. Com o futuro decidido, Russell vê como “anormal” a situação do francês da Force India.

“Eu achava que toda a situação do Esteban não era uma situação normal. Normalmente, se você tiver boas performances, essas oportunidades estarão lá. Acho que esteve fora do controle dele e da Mercedes o que aconteceu. A Mercedes e Toto Wolff estavam absolutamente certos de que se eu tivesse boas atuações a oportunidade chegaria. Isso impressionou em minha mente. Pode parecer um pouco bobo dizer isso na parte de trás da situação de Esteban, mas essa foi uma situação muito bizarra, uma situação muito infeliz”, comentou, em entrevista ao site “Autosport”.

Nesta temporada, Russell disputou o título diretamente contra o compatriota Lando Norris, confirmado na McLaren para 2019 e terceiro colocado na Fórmula 2. O novo piloto da Williams tem 248 pontos contra 197 de Norris, faltando apenas uma rodada dupla em Abu Dhabi para o término do campeonato, com 48 pontos em jogo. Segundo George, estar à frente do adversário inglês na briga pela taça de campeão pode ter sido fundamental na decisão da Williams em tê-lo no grid.

“Vi isso como muito positivo, quando Lando teve sua oportunidade na McLaren. Ambos somos estreantes, a McLaren acredita que ele é capaz de ocupar um dos cockpits deles e isso deve ser um bom indicativo para mim. Eu não estava amargo ou decepcionado que ele teve essa oportunidade antes de mim, porque naquele momento eu não tinha certeza do que o futuro reservava. Mas eu vi isso como positivo, que isso me fez parecer extremamente bom”, finalizou.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *