Homenagem no kart: SKB homenageará “rondoniense” Pedro Araújo e ex-campeões em Interlagos

Falecido em 2002 em um acidente automotivo juntamente com os companheiros de pista José Gimenez (Alemão) e Ney Alves Coutinho (Neyzinho), além do mecânico Gerson de Souza, o ex-campeão de brasileiro de kart e com carreira promissora no automobilismo Pedro Araújo que correu por muitos anos como piloto de Rondônia será homenageado esse final de semana durante o SKB 16 que acontece no Kartódromo de Interlagos (SP).

Fundado em 2010 pelos pilotos Sérgio Jimenez, Ruben Carrapatoso, Renato Russo, Paulo Carcasci, Dennis Dirani, André Nicastro e Danilo Dirani, o Super Kart Brasil tem como missão a promoção de um campeonato feito por kartistas para kartistas. Em 2015, o evento é 100% integrado ao Campeonato Paulista, com seis etapas na temporada. São oito categorias que competem quatro corridas por final de semana.
O evento já homenageou nomes como Gustavo Sondermann e Wilson Fittipaldi, e nesse etapa relembrará três excelentes pilotos que inclusive competiram contra os fundadores do evento, sempre com um cordial relação de amizade.
Nascido no dia 26 de outubro de 1983 em Brasília (DF), Pedro Araujo é filho do casal Lourimar e Tatiana Araújo. Com menos de 3 anos de idade mudou com a família para Rondônia devido a interesses profissionais de seu pai, e foi na inauguração do Kartódromo de Porto Velho em 1989 que o garoto descobriu o automobilismo.
Depois de muitos treinos, com 6 anos e meio Pedro recebeu autorização para realizar sua primeira corrida de kart em 1990, durante o Campeonato Rondoniense de Kart pela categoria cadete onde conquistou o campeonato, repetindo a dose no ano seguinte. De 1993 à 1999 o piloto conquistou diversos importantes resultados e títulos no kart, como o Brasiliense (bicampeão 1993/1994), Paulista além do Brasileiro na categoria Graduados A em 1999, além de levantar o título internacional no Canadense de Kart. Ainda venceu na categoria Kart – Graduados A o Capacete de Ouro, prêmio organizado pela Revista Racing.
Em 2000 o piloto estreou para o automobilismo, e com apenas 16 anos tornou-se o mais jovem piloto a vencer na Fórmula Chevrolet; no mesmo ano também competiu pela Fórmula Brasil / Rio 2000 tornando-se grande promessa para o campeonato de 2001.
Em 2002 o piloto testou na Europa para participar do Campeonato Europeu de Fórmula Renault; de volta ao Brasil recebeu convites para participar de diversos campeonatos, como na F3 Sul-americana pela equipe Cesário Fórmula como piloto contratado, mas fechou com a equipe Vogel para participar do novo campeonato Brasileiro de Fórmula Renault.
Após rescindir contrato com a equipe Vogel devido ao trabalho não ter acontecido da maneira que o piloto desejava sem expressão até a 7ª etapa do campeonato daquele ano, Pedro Araújo foi convidado pela equipe Birel Motorsport / RBC Competições a participar do desenvolvimento do kart visando a Copa Brasil que ocorreria em Toledo (PR); depois de três dias de trabalho juntamente com os pilotos José Gimenez (Alemão) e Ney Alves Coutinho (Neyzinho) ao retornar à São Paulo, juntamente com o mecânico Gerson de Souza um acidente fatídico encerrou a carreira previamente de Pedro e seus companheiros de pista.
Esse final de semana os pais de Pedro Araújo estarão no evento recebendo a homenagem e incentivando as novas gerações a continuar trabalhando e focando na evolução técnica e profissional, fazendo a semente plantada pelo jovem piloto continuar crescendo.
Confira a programação do SKB em www.superkartbrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *