Indy Lights: Cunningham vence a Freedom 100 e Bia Figueiredo sofre acidente

O neozelandês Wade Cunningham, da Sam Schmidt Motorsports, venceu nesta sexta-feira (22/05), a Firestone Freedom 100, no Indianápolis Motor Speedway, quinta etapa da temporada. Foi a segunda vitória do Campeão de 2005 na prova, a mais importante da categoria. O norte-americano J.R.Hildebrand, da Andretti-Green e o brasileiro Mario Romancini, da Rahal Letterman, completaram os três primeiros.

Saindo da pole-position Cunninghan assumiu a liderança, pela quarta e última vez, na penúltima volta da prova, dando a sua equipe a terceira vitória na prova. Hildebrand chegou em segundo, apenas 0.1046 atrás. Depois de largar em 18º lugar, Ramancini fez uma grande prova, terminando em 3º.

“Estou sem palavras. O time fez um trabalho fantástico para essa corrida. Não conseguimos extrair o máximo do carro no treino classificatório, mas hoje eu tive um equipamento rápido em condição de corrida”
, vibrou Romancini, que conquista seu segundo pódio nos Estados Unidos, o segundo em circuitos ovais. “Esta foi apenas minha segunda corrida em um circuito oval, então estou aprendendo coisas novas a cada volta”, comentou o piloto da Rahal Letterman.

O inglês Jay Howard, da PBIR, que conseguiu o patrocínio suficiente para disputar a prova apenas ontem, chegou em 4º, seguido pelo colombiano Sebastian Saavedra, da Andretti-Green.

Pilotando um carro de propriedade de Lauren George, de 18 anos e filho do dono do Indianápolis Motor Speedway, Tony George, o australiano James Davison, da Vision, foi o 6º colocado.

A prova teve diversos acidentes, com dez, dos 22 pilotos que largaram, abandonando. As duas mulheres da categoria, a inglesa Pippa Man, da Panther, e a brasileira Bia Figueiredo, da Sam Schmidt Motorsports, se envolveram em toques, ambas com seus parceiros de equipe.

Primeiro Mann e o norte-americano Martin Plowman, na 6ª volta. Dez voltas depois Figueiredo, conhecida nos EUA como Ana Beatriz, disputava a sexta posição com Gustavo Yacaman, quando o colombiano tentou a ultrapassagem, com os dois se tocando. A brasileira parou no muro da curva dois. A piloto foi removida de ambulância até o hospital, onde foi constatado apenas leves escoriações  no cotovelo esquerdo e no joelho direito. Por ter batido o queixo contra o microfone interno do capacete, bia levou cinco pontos.  Yacaman nada sofreu.

“No tráfego, meu carro vinha saindo um pouco de frente. Diante de mim, estavam quatro carros brigando e eu perdi downforce. Ao mesmo tempo, o Gustavo Yacaman vinha ao meu lado e resolveu tentar me passar por fora. Não me deu espaço o suficiente para fazer a curva. Eu tentei desacelerar ao máximo, pois é lógico que não queria bater, mas também não foi o suficiente”
, disse Bia.

O terceiro brasileiro na prova, Rodrigo Barbosa, da ELFF, abandonou na 13ª volta, com problemas elétricos.

“O carro estava constante e eu estava subindo de posições. Foi uma pena a quebra, mas gostei, aliás, amei andar em Indy, é outro mundo”
, comentou Barbosa.

A sexta etapa será disputada dia 31 de maio, no oval de Milwaukee.

Grid de largada:

1 – Wade Cunningham – Schmidt – 306.060
2 – Sebastian Saavedra – Andretti Green – 305.812
3 – JR Hildebrand – Andretti Green – 305.560
4 – Ana Beatriz – Schmidt – 303.865
5 – Martin Plowman – Panther – 303.608
6 – Jay Howard – PBIR – 303.588
7 – Charlie Kimball – PBIR – 303.464
8 – Pippa Mann – Panther – 303.221
9 – Daniel Herrington – Herta – 303.220
10 – James Davison – Vision – 302.344
11 – Andrew Prendeville – Moore – 302.298
12 – James Hinchcliffe – Schmidt – 302.162
13 – Gustavo Yacaman – Schmidt – 301.435
14 – Junior Strous – Winners Circle – 300.854
15 – Mike Potekhen – Alliance – 300.772
16 – Jesse Mason – Guthrie – 300.743
17 – Brandon Wagner – Kingdom – 300.727
18 – Mario Romancini – RLR/Andersen – 300.601
19 – Jonathan Summerton – RLR/Andersen – 299.961
20 – Ali Jackson – RLR/Andersen – 299.529
21 – Pablo Donoso – Genoa – 299.365
22 – Rodrigo Barbosa – ELFF – 298.162

Resultado final da Freedom 100:

1 – Wade Cunningham – Schmidt – 40 voltas
2 – JR Hildebrand – Andretti-Green – 40
3 – Mario Romancini – Rahal Letterman – 40
4 – Jay Howard – PBIR – 40
5 – Sebastian Saavedra – Andretti-Green – 40
6 – James Davison – Vision – 40
7 – Daniel Herrington – Herta – 40
8 – Jesse Mason – Guthrie – 40
9 – Pablo Donoso – Genoa – 40
10 – Junior Strous – Winners Circle – 40
11 – Brandon Wagner – Kingdom – 40
12 – Jonathan Summerton – Rahal Letterman – 40

Abandonos:
Charlie Kimball – PBIR – 31 voltas
Mike Potekhen – Alliance – 30 voltas
Andrew Prendeville – Moore – 29 voltas
James Hinchcliffe – Schmidt – 25 voltas
Ana Beatriz – Schmidt – 16 voltas
Gustavo Yacaman – Schmidt – 16 voltas
Ali Jackson – RLR/Andersen – 16 voltas
Rodrigo Barbosa – ELFF – 13 voltas
Pippa Mann – Panther – 6 voltas
Martin Plowman – Panther – 6 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *