Indy Lights: Josef Newgarden vence em Indianápolis

O norte-americano Josef Newgarden (Sam Schmidt Motorsports) venceu na sexta-feira (27/05), a Firestone Freedom 100, no Indianápolis Motor Speedway, 4ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Newgarden no ano. O argentino Esteban Guerrieri completou a dobradinha da SSM. O espanhol Victor Garcia (Team Moore Racing) fechou o pódio.

Com o treino classificatório cancelado devido à chuva, o estreante norte-americano Bryan Clauson (Sam Schmidt Motorsports) ficou com a pole. A ordem de largada foi definida pela classificação do campeonato, e Clauson estreava com o carro que pertencia ao norte-americano Conor Daly (que liderava o campeonato contudo  foi para a GP3 Series).

Após a largada Newgarden, segundo no grid, passou Clauson na primeira curva, assumindo a ponta. Logo na 8ª volta o brasileiro Victor Carbone (Sam Schmidt Motorsports) abandonou depois de um acidente.

A partir da 15ª volta Newgarden e Guerrieri passaram a dominar a prova, com o argentino constantemente tentando passar o parceiro de equipe. Enquanto isso os acidentes se sucediam, eliminando vários pilotos, como o angolano Duarte Ferreira (Bryan Herta Autosport), na 30ª volta.

Na 34ª aconteceu o acidente mais grave, que praticamente encerrou a prova, e envolveu a dupla da Belardi Auto Racing, o norueguês Anders Krohn e o venezuelano, Jorge Gonçalvez e Clauson. Os três disputavam posição lado a lado quando Krohn rodou, acertando o muro. Quase que simultaneamente Gonçalvez, que vinha no meio dos dois, tambem rodou, acertando primeiro a barreira de proteção, atravessando depois a pista e batendo forte no muro interno. O carro ficou destruído.

O venezuelano foi levado, acordado para o Hospital Metodista, sendo liberado cinco horas depois. Krohn, que havia liderado sete voltas, foi liberado depois de passar pelo Centro Médico do circuito.

Com bandeira amarela Newgarden, que liderou 30 voltas, recebeu a bandeirada, seguido por Guerrieri, líder por duas voltas. Foi a primeira vez que uma equipe fez a dobradinha na prova.

Líder por uma volta, o britânico Stefan Wilson (Andretti Autosport) terminou em 4º, seguido por Clauson. O irlandês Peter Dempsey (O2 Racing Technology) foi o 6º.

Newgarden assumiu a liderança do campeonato com 151 pontos. Guerrieri é o 2º com 125 pontos.

A próxima etapa, a David Hobbs 100,  no The Milwaukee Mile, acontece no dia 19 de junho.

Grid:

1 – Bryan Clauson – Schmidt
2 – Josef Newgarden – Schmidt
3 – Stefan Wilson – Andretti
4 – Victor Garcia – Moore
5 – Esteban Guerrieri – Schmidt
6 – Peter Dempsey – O2
7 – Mikael Grenier – O2
8 – Anders Krohn – Belardi
9 – David Ostella – Jensen
10 – Jorge Goncalvez – Belardi
11 – James Winslow – Andretti
12 – Gustavo Yacaman – Moore
13 – Victor Carbone – Schmidt
14 – Duarte Ferreira – Herta
15 – Juan Pablo Garcia – Jensen
16 – Rusty Mitchell – Team E
17 – Chase Austin – Ribbs
18 – Brandon Wagner – Hamilton

Final:

1 – Josef Newgarden – Schmidt – 40 voltas
2 – Esteban Guerrieri – Schmidt – 40
3 – Victor Garcia – Moore – 40
4 – Stefan Wilson – Andretti – 40
5 – Bryan Clauson – Schmidt – 40
6 – Peter Dempsey – O2 – 40
7 – Rusty Mitchell – Team E – 40
8 – David Ostella – Jensen – 40
9 – Chase Austin – Ribbs – 40
10 – Mikael Grenier – O2 – 40

Abandonos:

Jorge Gonçalvez – Belardi – 35 voltas
Anders Krohn – Belardi – 35 voltas
Duarte Ferreira – Herta – 30 voltas
Brandon Wagner – Hamilton – 29 voltas
Gustavo Yacaman – Moore – 21 voltas
Juan Pablo Garcia – Jensen – 21 voltas
James Winslow – Andretti – 21 voltas
Victor Carbone – Schmidt – 8 voltas

Campeonato:

1. Newgarden 151; 2. Guerrieri 125; 3. Garcia 121.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *