IndyCar: Animado pelo ótimo desempenho em teste, Bruno Junqueira inicia busca por bom resultado no circuito misto de Sonoma

Pela segunda vez no ano (ao menos para pilotos e equipes vindos da ChampCar, que aceleraram em Long Beach, enquanto os demais nomes da Indy Racing League brigavam por posições do outro lado do mundo, no oval de Motegi), a ensolarada Califórnia é palco de uma prova da IRL na temporada. O traiçoeiro circuito misto do Infineon Raceway, em Sonoma recebe a 15ª etapa da categoria em 2008. Pela frente, um traçado sinuoso, com apenas uma reta mais longa e 3.700m de curvas, freadas e mudanças de marcha que exigem um equipamento muito bem acertado.

É justamente daí que vem o otimismo de Bruno Junqueira (Alcompac/Telemont). Na semana passada, ele teve a chance de fazer um treino extra-oficial na pista localizada no Napa Valley e, além de ser o terceiro mais rápido entre os 17 carros que participaram da sessão – uma lista que incluía, entre outros, Ryan Briscoe, da Penske, vencedor em Milwaukee e Mid-Ohio –, aproveitou bem o tempo à disposição para testar seu Dallara/Honda em condições de qualificação e corrida. Ao contrário de boa parte dos circuitos que encontrou esse ano, o mineiro chega a Sonoma podendo aproveitar os treinos livres desta sexta-feira e sábado para um trabalho de sintonia fina, com a Dale Coyne Racing, em busca de pequenas melhorias capazes de levá-lo a uma das primeiras filas, como foi o caso em Watkins Glen (onde foi sexto, seu melhor resultado no campeonato) e Edmonton, onde só perdeu uma quinta posição certa pela quebra do câmbio nas voltas finais.


“Tivemos uma chance rara de andar aqui – aliás, dois dias antes já havíamos testado no oval de Chicagoland e, apesar da correria, foi tudo muito proveitoso. Embora eu não tenha problemas para pegar a mão de pistas novas, é sempre bom chegar a um circuito com um acerto básico que sabemos que nos dará boa velocidade desde o início. Isso só me deixa mais animado pois, apesar de todas as dificuldades que enfrentamos, meu desempenho nos mistos tem sido muito positivo. Acreditamos muito em um fim de semana entre os primeiros”, afirma Bruno, consciente que uma boa posição de largada, no treino oficial de amanhã, será fundamental para as pretensões na corrida de domingo, com 80 voltas e largada às 18h30 (de Brasília). Para o desespero de quem ainda sonha em tirar do neozelandês Scott Dixon a coroa de campeão, o líder do campeonato foi o último vencedor em Sonoma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *