IndyCar: Barrichello persegue sonho na F Indy

Brasileiro nunca venceu no Brasil em uma categoria de alto nível e começa a construir uma nova tentativa neste domingo

Rubens Barrichello começa a construir, no próximo final de semana, durante o Grande Prêmio de São Petersburgo (EUA) de Fórmula Indy, mais uma tentativa de realizar um antigo sonho: vencer no Brasil em uma categoria de ponta. Em sua carreira na Fórmula 1, Rubinho chegou perto do feito algumas vezes, mas até hoje o sonho de subir no alto do pódio e emocionar-se com a torcida brasileira continua não realizado. A estreia na Indy no próximo domingo e as outras três corridas antes da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé servirão de preparação para uma possível conquista no Brasil. E, novamente, Barrichello será o centro das atenções de grande parte do público brasileiro aficionado pelas corridas. Tanto a estreia de Barrichello na categoria no próximo domingo quanto a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé no dia 29 de abril serão transmitidas ao vivo pela Band e Bandsports. A transmissão da primeira etapa do ano começa às 13h30.

As maiores esperanças de Rubinho recaem sobre a nova situação da categoria. A Indy vive um clima de expectativa. Com um novo carro – equipado com freios de carbono, nos quais ele se tornou especialista na F1 -, a entrada de três fornecedores de um motor que também é um projeto totalmente novo, a Fórmula Indy tornou-se um campeonato no qual a relação de forças ainda vai se estabelecer. Nesse contexto, Barrichello se vale de sua grande experiência, de sua velocidade e também de um conhecimento técnico e o reconhecido talento para acertar carros que podem fazer a diferença.

Uma missão para Rubinho – Em 2011, sua equipe, a KV Racing, não obteve vitórias. Os melhores resultados foram o segundo lugar de Tony Kanaan em Iowa e dois terceiros, também do piloto brasileiro, em São Petersburgo e Baltimore, além da pole position em Las Vegas. Também pela KV, o japonês Takuma Sato foi pole em Edmonton e Iowa. Barrichello chegou com a missão de melhorar esse cenário.

No GP brasileiro da Fórmula 1, Rubinho viveu momentos de grande frustração. Foi pole três vezes (2003, 2004 e 2009) e seu melhor resultado foi em 2004, quando subiu ao pódio na terceira posição. Em 2003, viveu um drama: na volta 45, Barrichello, pela Ferrari, assumiu a ponta ao ultrapassar o McLaren de David Coulthard, levantando a arquibancada. Mas, duas voltas depois, abandonou por pane seca. A vitória foi de Giancarlo Fisichella (equipe Jordan). Em 19 GPs do Brasil de Fórmula 1, Rubinho abandonou 11, sendo nove consecutivos (1995 a 2003).

No dia 29 de abril, no Circuito do Anhembi e diante cerca de 40 mil torcedores, Rubens Barrichello terá outra chance de realizar este antigo sonho.

INGRESSOS – Os ingressos para a etapa brasileira da IZOD IndyCar Series, que acontece no próximo dia 29 de abril, podem ser adquiridos no site oficial da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé (www.saopauloindy300.com.br) ou pelo endereço eletrônico da Livepass (www.livepass.com.br), além da central telefônica acessada pelo número (11) 4003-1527 (custo de ligação local, mais impostos), de segunda-feira a sábado, das 9h às 21h. Uma bilheteria oficial da prova (sem cobrança de taxa de conveniência) está disponível na capital paulista, no estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, s/n – Morumbi) com funcionamento de segunda-feira a domingo, das 10h às 18h. A bilheteria não funciona em dias de jogos no estádio. Estudantes, crianças entre cinco e 12 anos – acompanhadas pelos responsáveis -, e idosos acima de 65 anos têm direito a meia-entrada. As instalações também oferecem acessos para portadores de necessidades especiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *