IndyCar: Bruno Junqueira é o nono no primeiro dia e briga por boa posição de largada em Watkins Glen

Andar entre os mais rápidos na primeira visita a uma pista superando adversários que conhecem bem tanto o traçado quanto o equipamento é motivo suficiente para satisfação. Que o diga o mineiro Bruno Junqueira (Alcompac/Telemont), que até esta semana nunca tinha posto os pés em Watkins Glen. Pois seu primeiro contato com o palco da décima etapa da Indy Racing League foi mais do que positivo. O piloto de Belo Horizonte levou o Dallara Honda da equipe Dale Coyne à nona posição nos treinos livres. Embora seja conhecido pelo bom retrospecto nos ovais, ele não via a hora de retornar aos circuitos mistos, onde a diferença entre as equipes veteranas e aquelas que chegaram da ChampCar diminui, favorecendo a experiência. O mais rápido foi o líder do campeonato Scott Dixon (Ganassi), vencedor do GP em 2007. Hoje, a partir das 14h30 (de Brasília) ocorre a qualificação que define as posições de largada, e Bruno acredita poder fazer ainda melhor do que a nona posição no grid em Richmond.

Numa pista que ainda guarda muito dos tempos do automobilismo romântico (recebeu as etapas norte-americanas do Mundial de F-1 entre nas décadas de 60 e 70, com direito à primeira vitória de Emerson Fittipaldi na categoria, em 1970), não era de se estranhar que um fato insólito atrasasse em 45 minutos o treino livre da manhã. Comissários e pessoal de serviço tiveram que procurar um alce que invadiu o traçado, próximo a Nova York. Problema resolvido, os carros ganharam a pista e desde as primeiras voltas Bruno mostrou um acerto competitivo, andando constantemente entre os mais rápidos, depois de completar as primeiras voltas com pneus de chuva para emborrachar o asfalto. Pela manhã, registrou 1min31s9507, 11ª melhor marca.


Entre as sessões de treino, a Dale Coyne fez algumas modificações nas regulagens, que tornaram o carro ainda mais equilibrado. Bruno rapidamente passou a andar próximo dos 1min30 e, em sua melhor passagem registrou 1min31s0158. Tempo que poderia ser ainda melhor caso uma bandeira vermelha não tivesse provocado a interrupção do treino.


“Nessa manhã tive meu primeiro contato com esse circuito, e claro que foi empatia à primeira vista. Um circuito longo, assim como são os meus preferidos, Road America e Spa, e bem divertido. Já na primeira sessão me mostrei competitivo. Na sessão da tarde, ainda mais confortável e familiarizado, e tendo executado alguns pequenos ajustes que sem duvida ajudaram, estive ainda mais a frente, com tudo isso, minhas expectativas são bastante positivas para a classificação de amanhã, quando espero buscar o meu melhor lugar num grid de largada nessa temporada”, afirmou Bruno.



GP de Watkins Glen
Indy Racing League – décima etapa


Treinos livres


Piloto País Equipe Tempo


1 – Scott Dixon (NZL) Ganassi 1min30s1947
2 – Hélio Castroneves (BRA) Penske 1min30s2891
3 – Vítor Meira (BRA) Panther 1min30s6954
4 – Will Power (AUS) KV Racing 1min30s7454
5 – Tony Kanaan (BRA) Andretti Green 1min30s7700
6 – Justin Wilson (ING) Newman/Haas/Lanigan 1min30s8020
7 – Dan Wheldon (ING) Ganassi 1min30s8387
8 – Ryan Briscoe (AUS) Penske 1min30s9718
9 – Bruno Junqueira (BRA) Dale Coyne 1min31s0158
10 – Marco Andretti (EUA) Andretti Green 1min31s1337
11 – Oriol Servia (ESP) KV Racing 1min31s2566
12 – Graham Rahal (EUA) Newman/Haas/Lanigan 1min31s3185
13 – Darren Manning (ING) Foyt Racing 1min31s3752
14 – Buddy Rice (EUA) Dreyer & Reinbold 1min31s4181
15 – Mário Moraes (BRA) Dale Coyne 1min31s5878
16 – Danica Patrick (EUA) Andretti Green 1min31s6852
17 – Hideki Mutoh (JAP) Andretti Green 1min31s7231
18 – Ryan Hunter-Reay (EUA) Rahal Letterman 1min31s7989
19 – Enrique Bernoldi (BRA) Conquest 1min32s0773
20 – Ernesto Viso (VEN) HVM Racing 1min32s3071
21 – Mario Domínguez (MEX) Pacific Coast 1min32s6863
22 – A.J.Foyt IV (EUA) Vision 1min32s7879
23 – Ed Carpenter (EUA) Vision 1min32s9256
24 – Jay Howard (ING) Roth Racing 1min34s8768
25 – Jaime Câmara (BRA) Conquest 1min35s2254
26 – Milka Duno (VEN) Dreyer & Reinbold 1min37s7188


** Todos os pilotos com chassis Dallara e motores Honda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *