IndyCar: Bruno Junqueira encontra acerto ideal, iguala melhor posição de largada na temporada e parte com tudo no GP de Mid-Ohio

Uma pista complicada, com mudanças constantes de ritmo, muitas freadas, reacelerações, subidas e descidas mas, acima de tudo, em que não é fácil ultrapassar. O palco da 12ª etapa da Indy Racing League (IRL) é um dos circuitos mistos mais tradicionais dos EUA e que exige talento e experiência para encontrar o acerto ideal. Justamente por isso o desempenho do mineiro Bruno Junqueira (Alcompac/Telemont) nos treinos oficiais é motivo de comemoração. Depois de ter muito trabalho nos treinos de sexta-feira, ele chegou às regulagens ideais para o Dallara Honda da Dale Coyne Racing e larga para as 85 voltas do GP de Mid-Ohio, às 15h30 (de Brasília) em nono lugar, igualando sua melhor posição no grid da temporada (no oval de Richmond). A expectativa é por um resultado ainda melhor do que o obtido em Watkins Glen, em que recebeu a bandeirada em sexto, depois de sair em 11º.

Que o comportamento do carro era bem melhor neste sábado do que na véspera Bruno confirmou já no terceiro treino livre, de preparação para o qualifying quando, sem esforço, andou constantemente entre os seis primeiros, aumentando a confiança por uma boa posição de largada. Integrando o Grupo 2 na tomada de tempos, ele registrou, em sua última volta, 1min08s3, suficiente para garanti-lo entre os 12 que passariam à segunda fase (o grid é definido em três fases, tal como na F-1. Pela primeira vez no fim de semana, o mineiro andou abaixo dos 1min18 e por muito pouco não ficou entre os Top 6, que voltaram à pista para a Superpole – domínio de Hélio Castroneves, repetindo o desempenho de 2007 –, com Tony Kanaan em quarto.


Feliz e aliviado por ter nas mãos um carro equilibrado e competitivo, Bruno espera fazer uma grande corrida, mais uma vez apostando em uma estratégia inteligente e esperando o momento certo para atacar e brigar por posições. “Estou contente com nossa performance aqui hoje, claro que chegando tão próximo ao top 6 não estou totalmente satisfeito. Mas o mais importante é que estamos a cada final de semana evoluindo mais, e nos aproximando dos top 6. Tivemos um bom carro hoje, um acerto que muito me agradou, e estou confiante que podemos buscar nosso melhor resultado. Essa é uma pista bastante dificil de ultrapassar, e por ser assim, é bom estar largando em uma posição à frente, em meio apenas a pilotos rápidos. Vou procurar não perder muita distância em relação aos líderes e ir conquistando posições sem nos arriscar muito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *