IndyCar: Capítulo 3 da Fórmula Indy leva Kanaan para Califórnia

Neste domingo, GP de Long Beach, terceira etapa da categoria em 2011

Se no capítulo 2 a surpreendente 3a posição no GP de St. Petersburg foi de arregalar os olhos, iniciamos o capítulo 3 de cair o queixo. Nos dois treinos livres de sexta-feira preparatórios para o GP do Alabama, quando os carros ganham os acertos visando a classificação e a corrida, Tony Kanaan, da KV Racing Technology – Lotus, completou menos de 12 voltas no circuito da segunda etapa da Fórmula Indy 2011. O brasileiro foi para o treino classificatório praticamente sem treinar e a consequência disso foi o 24a lugar no grid.

Alguns, os mais pessimistas, acreditavam ser uma nova realidade para Kanaan, pois acertou tudo em cima da hora etc…Mas o baiano sempre repete uma frase: “Sou brasileiro e não desisto nunca”, e assim fez uma corrida primorosa no domingo (10), quando ultrapassou 10 carros na largada, mesmo a pista do Alabama ser bem estreita e difícil de ultrapassar, e finalizou a segunda etapa da temporada na 6a posição, ganhando 18 colocações ao final do dia.

Kanaan foi considerado o nome da corrida e lidera a votação no site oficial da categoria www.indycar.com chamada Firestone Tire-ific Award. O capítulo 3 dessa história revela que Kanaan, com o feito no Barber Motorsport Park, continua na 3a posição no campeonato com 63 pontos, atrás apenas de Will Power (94 pontos) e Dario Franchitti (87 pontos), Penske e Ganassi respectivamente.

E o nosso roteiro segue para a Califórnia, nas ruas de Long Beach, uma das mais charmosas etapas do ano. Kanaan já correu de 98 até 2002 nessa pista, e voltou a disputa-la em 2009, quando retornou para o calendário da Fórmula Indy. O seu melhor resultado foi um 3o lugar em 2009, além de ter concluído a prova na 5a colocação em 2010. Neste domingo (17), o GP de Long Beach será a corrida de número 228 de Kanaan desde que estreou na antiga CART em 1998. O baiano tem um retrospecto de ter sido o Campeão da Fórmula Indy de 2004, 15 vitórias e 14 pole-positions.

Tony Kanaan, #82:

“É sempre bom voltar para Long Beach. Essa é uma das minhas pistas favoritas do nosso calendário e sempre gostei de guiar lá, desde a época da CART. As duas últimas provas em Long Beach eu terminei no top-5, sendo que em 2009 fui ao pódio, então, espero ter uma boa corrida e aproveitar o bom momento que estamos tendo para chegar no Brasil com força total”
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *