IndyCar: Chuva encurta prova em Nashville. Scott Dixon vence

O neozelandês Scott Dixon,da Ganassi, venceu na noite de sábado (13/07), o GP de Nashville, 11º etapa da temporada. Com a sua quarta vitória no ano Dixon ampliou a sua liderança na tabela de pontos. Seu parceiro de equipe, o inglês Dan Wheldon, ficou em 2º, seguido pelo brasileiro Helio Castroneves, da Penske.

Pole-position Castroneves manteve a ponta na largada, com a norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green, em 2º, seguida por Dixon e o japonês Hideki Mutoh, da Andretti-Green.


Logo na 3º volta o norte-americano Marco Andretti, da Andretti-Green perdeu o controle de seu Dallara-Honda, batendo no australiano Ryan Briscoe, da Penske. Os dois deixaram a disputa, com a primeira bandeira amarela sendo agitada. Alguns pilotos foram para o pit. Na 11º volta a prova recomeçou.


Castroneves começou a pegar retardatários, com Patrick se aproximando do brasileiro. Porém na 45º volta ela pegou a parte suja do superoval, perdendo a duas posições, para Dixon e o brasileiro Tony Kanaan, seu parceiro de equipe. Dez voltas depois Castroneves foi ultrapassado por Dixon, Kannan e Patrick.


Os lideres começaram a fazer a sua primeira parada nos boxes antes da 60º volta. O espanhol Oriol Servià, da KV Racing, que havia parado na primeira amarela, assumiu a liderança. Com a parada do espanhol, Dixon voltou a ponta.


Kannan ultrapassou Dixon na 90º volta, indo para a primeira posição. Dez voltas depois o norte-americano Ryan Hunter-Reay, da Newman-Haas, bateu na curva 4, com amarela aparecendo pela segunda vez. Na 110º volta a bandeira verde voltou a pista.


Abrindo vantagem para Dixon volta a volta, Kannan já tinha quase quatro segundos de vantagem para Dixon, quando a chuva chegou ocasionando a terceira amarela da noite, na 138º volta. Os carros continuaram na pista e na 148º volta começaram a ir aos boxes, para reabastecimento e troca de pneus. A Ganassi manteve a sua dupla na pista, com Dixon em primeiro, seguido por Wheldon.


Na relargada, na 152º volta Helinho passou Tony, indo para a terceira posição. Dixon e Wheldon abriram dois segundos de vantagem para Castroneves, quando a chuva voltou, trazendo a quarta bandeira amarela na 166º volta. Faltando 29 voltas para as 200 voltas previstas, a prova foi encerrada.


Dixon faturou a sua terceira guitarra consecutiva, dando a Ganassi sua 100º vitória na história e 22º na categoria. Wheldon foi 2º, e Castroneves, 3º, seguido por Kanaan. Patrick foi 5º e o brasileiro Vitor Meira, da panther, completou os seis primeiros.


A dupla brasileira da Dale-Coyne, Mario Moraes e Bruno Junqueira, terminou respectivamente, 10º e 15º lugares. Os brasileiros da Conquest, Enrique Bernoldi e Jaime Câmara, abandonaram.


Dixon tem 420 pontos no campeonato. O vice-líder, Castroneves, tem 357.


A próxima etapa acontece no dia 20 de julho em Mid-Ohio.


Em breve a cobertura completa.


Final:


1.    Scott Dixon  Chip Ganassi Racing  171 voltas
2.    Dan Wheldon  Chip Ganassi Racing  a  1.0680 
3.    Helio Castroneves  Team Penske  a  5.6679   
4.    Tony Kanaan  Andretti Green Racing  a  6.4612 
5.    Danica Patrick  Andretti Green Racing  a  7.8301  
6.    Vitor Meira  Panther Racing  a  9.5615 
7.    Buddy Rice  Dreyer & Reinbold Racing  a  13.2509   
8.    Ed Carpenter  Vision Racing  a  16.0567   
9.    Darren Manning  AJ Foyt Enterprises  a  24.9236 
10.    Mario Moraes  Dale Coyne Racing  a  1 volta
11.    Will Power  KV Racing Technology  a 1 volta
12.    Graham Rahal  Newman/Haas/Lanigan Racing  a 1 volta
13.    Marty Roth  Roth Racing  a 1 volta
14.    Hideki Mutoh  Andretti Green Racing  a  2 voltas
15.    Bruno Junqueira  Dale Coyne Racing  a  2 voltas
16.    Oriol Servia  KV Racing Technology  a  2 voltas
17.    Milka Duno  Dreyer & Reinbold Racing  a  3  voltas
18.    Justin Wilson  Newman/Haas/Lanigan Racing  a  28 voltas
19.    Ryan Hunter-Reay  Rahal Letterman Racing  a  72 voltas
20.    Enrique Bernoldi  Conquest Racing  a  105 voltas
21.    Jaime Camara  Conquest Racing  a  121 voltas
22.    A.J. Foyt IV  Vision Racing  a  126 voltas
23.    Ryan Briscoe  Team Penske  a  168 voltas
24.    Marco Andretti  Andretti Green Racing  a  169 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *