IndyCar: Danica Patrick faz história e vence GP do Japão

A norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green Racing, fez história neste sábado (19/04), ao vencer o GP do Japão, em Motegi, terceira etapa da IndyCar. Ela se tornou a primeira mulher a vencer na categoria, que é disputada, sob várias denominações, desde 1909.

A prova, adiada de sábado para domingo devido às infiltrações na pista, depois do temporal de sexta-feira, teve o pole-position Helio Castoneves, da Penske, saindo na pole-position e liderando até a 94º volta. Com a batida do brasileiro Vitor Meira, da Panther, no muro, Castroneves parou nos boxes, para o reabastecimento e troca de pneus, perdendo tempo na troca do pneu dianteiro direito. A equipe Ganassi foi mais rápida nos pits e colocou o neozelandês Scott Dixon na frente.


Na 142º volta o norte-americano Roger Yasukawa, da Beck, provocou mais uma amarela, com os freios do seu carro pegando fogo. Ai veio o pulo do gato da equipe Andretti-Green, que chamou Danica aos boxes na 150º volta, quando ia ser dada a relargada. E encheu o tanque do carro da piloto de 25 anos, pedindo para ela economizar combustível, para não mais parar nos pits.


Castroneves e o norte-americano Ed Carpenter, da Vision, também apostaram na estratégia. Com a relargada Dixon se manteve na ponta, seguido pelo parceiro na Ganassi, o inglês Dan Wheldon, e o brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green.


Faltando onze voltas para o termino da prova, os pilotos começaram a ir aos boxes para o splash and go. Dixon parou na 194º volta, Wheldon e Kannan na seguinte. Castroneves reassumiu a liderança, mas tendo que economizar combustível, foi ultrapassado por Patrick, que liderou apenas as duas voltas finais.


Wheldon foi o 4º, Kanaan, 5º. Carpenter, que acabou ficando sem gasolina no finalzinho, fechou os seis primeiros.


Entre os que abandonaram destaque para o norte-americano Marco Andretti, que para decepção do pai Michael, bateu logo na primeira curva da prova.


Hoje acontece a etapa de Long Beach, com os carros da ChampCar fazendo a despedida da categoria. A etapa também vale pontos para o campeonato. Por isso a classificação do campeonato só poderá ser atualizada após a etapa de Long Beach.


A quarta etapa acontece no dia 27 de abril no Kansas.


Final:


1 – Danica Patrick – Andretti/Green – 200 voltas em 1.51’02″673
2 – Helio Castroneves – Penske – 5″859
3 – Scott Dixon – Ganassi – 10″055
4 – Dan Wheldon – Ganassi – 13″111
5 – Tony Kanaan – Andretti/Green – 16″073
6 – Ed Carpenter – Vision – 16″827
7 – Ryan Hunter Reay – Rahal – 17″519
8 – Darren Manning – Foyt – 1 volta
9 – Ryan Briscoe – Penske – 1 volta
10 – Townsend Bell – Dreyer&Reinbold – 1 volta
11 – Hideki Mutoh – Andretti/Green – 1 volta
12 – Buddy Rice – Dreyer&Reinbold – 2 voltas
13 – Jay Howard – Roth – 8 voltas
14 – Roger Yasukawa – Beck – 66 voltas


Abandono:


Marco Andretti – 0 voltas
Marty Roth – 44 voltas
Vitor Meira – 92 voltas
Anthony Foyt – 103 voltas


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *