IndyCar: Decisão sobre Castroneves é adiada e pode sair na segunda

O piloto brasileiro Hélio Castroneves é acusado de sonegar US$ 2,3 milhões (cerca de R$ 5 milhões) da receita norte-americana entre 1999 e 2004. Nesta sexta-feira, após um período de exposições das duas partes, o júri começou a deliberar sobre o caso. No entanto, uma decisão final deve sair apenas na segunda-feira.

Além do piloto brasileiro, também são acusados Katiucia Castroneves, irmã de Hélio, e Allan Miller, seu advogado. Os jurados deliberaram durante aproximadamente duas horas e meia nesta sexta-feira, antes de adiarem a decisão. Os trabalhos serão retomados na manhã desta segunda-feira.

Bicampeão das 500 Milhas de Indianápolis, Hélio Castroneves ganhou ainda mais fama nos Estados Unidos ao vencer o popular programa de televisão “Dancing With de Stars” de 2007. Caso sejam condenados, o piloto, sua irmã e o advogado podem passar mais de seis anos na prisão.

Impossibilitado de competir pela Penske, o piloto brasileiro vem sendo substituído pelo australiano Will Power. No entanto, ele tem a promessa de retomar sua vaga se for inocentado. Companheiro de equipe de Castroneves, o também australiano Ryan Briscoe venceu a primeira prova da temporada da Fórmula Indy, na Flórida.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *