IndyCar: Fernando Alonso está muito interessado em correr na Indy, diz Zak Brown

CEO da McLaren, Zak Brown revelou que Fernando Alonso está muito interessado em correr na Fórmula Indy a partir da próxima temporada, o que o tiraria da Fórmula 1. No entanto, o dirigente garantiu que o espanhol ainda não decidiu o que vai fazer da vida no ano que vem. Alonso não esconde que está farto de correr na Fórmula 1 para ficar em posições medianas e que deseja ter condições de vencer, o que ultimamente ele tem feito apenas no Mundial de Endurance pela Toyota.

Em 2017, Alonso faltou ao GP de Mônaco para disputar as 500 Milhas de Indianápolis, uma das provas que compõem a Tríplice Coroa do automobilismo – além da Indy 500, as demais corridas são a própria realizada em Monte Carlo e as 24 Horas de Le Mans, vencida pelo espanhol este ano.

“Ele está muito interessado na Indy. Ele gosta da categoria, mas ainda não decidiu o que quer fazer no que diz respeito à Fórmula 1. Acho que, se fôssemos mais competitivos, ele definitivamente gostaria de ficar na Fórmula 1. Ele falou sobre suas frustrações em estar no campeonato de um fabricante, ao contrário do campeonato de pilotos. Se você olhar para os resultados das corridas, é provavelmente uma afirmação bastante justa. Ele gosta de desafiar a si mesmo. E correr na Indy 500 e na IndyCar pode obrigá-lo a isso”, disse Brown ao jornal americano Indy Star.

Sobre a decisão de abrir uma operação permanente da McLaren na Fórmula Indy, Brown desconversou e disse apenas que o prazo está se encerrando caso a equipe queira correr nos Estados Unidos em 2019. Por enquanto, o objetivo da McLaren, segundo Brown, é voltar a ser competitiva, tanto que efetivou o brasileiro Gil de Ferran como diretor esportivo e o italiano Andrea Stella, um engenheiro da confiança total de Alonso, como diretor técnico:

“Neste momento, estamos focados na Fórmula 1. Temos decisões para fazer em relação aos pilotos e acabamos de contratar um novo diretor técnico. Dito isso, estamos progredindo em nossa Fórmula 1 e sentimos que estamos ficando sem tempo de tomar uma decisão sobre a IndyCar para 2019. Mas estamos próximos de decidir sobre quando entraríamos”.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *