IndyCar: Helinho dá crédito de vitória a companheiro de equipe

Vencedor do GP do Texas da IndyCar Series, Helio Castroneves atribuiu o êxito ao companheiro de Penske, Ryan Briscoe, que terminou a disputa na segunda colocação. “Todo o crédito vai para ele e seu time, que nos empurrou e foram empurrados por nós. Juntos, fomos para o topo”, comemorou o paulista.

Briscoe liderou boa parte da prova, mas um acidente na volta 170 provocou a entrada dos carros no pit stop, onde Castroneves se deu melhor que o australiano e assumiu a ponta. No final, as diferença entre os dois foi de apenas 0s3904.

Campeão das 500 Milhas de Indianápolis, Helio reconheceu o bom trabalho que sua equipe fez na última parada. “Em um ótimo pit stop, os caras conseguiram me colocar na frente. No fim, foram 50 voltas com o é embaixo, as mais duras que eu já tive”, admitiu.

“Foi um dia incrível para a Penske. Conseguir o primeiro e o segundo lugar no Texas não é fácil. Parabéns a todos”, destacou o brasileiro, que é o quarto colocado no campeonato, com 186 pontos, 13 a menos que o líder Briscoe.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *