IndyCar: Hélio Castroneves vence em Iowa e encerra jejum de três anos

O brasileiro Hélio Castroneves (Team Penske) venceu neste domingo (09/07) o GP de Iowa, no Iowa Speedway, 11ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Castroneves no ano, e 30ª na categoria. Os norte-americanos J.R.Hildebrand (Ed Carpenter Racing) e Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) completaram o pódio.

Castroneves dominou a prova, liderando 217, das 300 voltas disputadas. Recebendo a bandeirada com 3s9647 de vantagem sobre Hildebrand, que conquistou o seu melhor resultado na categoria, desde o segundo lugar nas 500 Milhas de Indianápolis de 2011. Hunter-Reay foi o terceiro.

Foi a primeira vitória de Castroneves, desde o dia 01 de junho de 2014, em Detroit. Encerrando um jejum de 54 provas sem vencer.

Como sempre Castroneves comemorou a vitória escalando a cerca de proteção da arquibancada, para comemorar junto aos fãs.

Pole-position o australiano Will Power (Team Penske) terminou em quarto, seguido pelos norte-americanos Graham Rahal (Rahal Latterman Lanigan Racing) e Josef Newgarden (Team Penske).

Atual campeão, o francês Simon Pagenaud (Team Penske) foi o sétimo, seguido pelo líder do campeonato, o neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing).

O brasileiro Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing) e o canadense James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports) fecharam os dez primeiros.

A prova teve quatro bandeiras, sendo três amarelas e uma vermelha.

As amarelas foram causadas por acidentes com o russo Mikail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsport), o colombiano Carlos Munoz (A.J.Foyt) e seu parceiro de equipe, o norte-americano Conor Daly.Os pilotos saíram ilesos.

A bandeira vermelha, devido uma leve chuva, foi acionada na 208ª volta. E durou oito minutos.

Dixon lidera o campeonato com 403 pontos, oito a mais do que Castroneves. Pagenaud é o terceiro com 372.

A próxima etapa acontece em Toronto, no Canadá, no dia 16 de julho.

Helio Castroneves

Final:

1 – Helio Castroneves (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 300 voltas
2 – JR Hildebrand (Dallara DW12-Chevy) – ECR – 300
3 – Ryan Hunter-Reay (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 300
4 – Will Power (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 300
5 – Graham Rahal (Dallara DW12-Honda) – RLL – 300
6 – Josef Newgarden (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 300
7 – Simon Pagenaud (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 300
8 – Scott Dixon (Dallara DW12-Honda) – Ganassi – 300
9 – Tony Kanaan (Dallara DW12-Honda) – Ganassi – 300
10 – James Hinchcliffe (Dallara DW12-Honda) – SPM – 300
11 – Alexander Rossi (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 299
12 – Ed Carpenter (Dallara DW12-Chevy) – ECR – 299
13 – Esteban Gutierrez (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 299
14 – Max Chilton (Dallara DW12-Honda) – Ganassi – 299
15 – Charlie Kimball (Dallara DW12-Honda) – Ganassi – 298
16 – Takuma Sato (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 298
17 – Marco Andretti (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 298
18 – Ed Jones (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 297

Abandonos:
Conor Daly (Dallara DW12-Chevy) – Foyt – 169 voltas
Carlos Munoz (Dallara DW12-Chevy) – Foyt – 131 voltas
Mikhail Aleshin (Dallara DW12-Honda) – SPM – 57 voltas


Campeonato:

1. Dixon 403; 2. Castroneves 395; 3. Pagenaud 372; 4. Power 350; 5. Newgarden 347.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *