IndyCar: Helio Castroneves vence prova noturna no Texas

O brasileiro Helio Castroneves, da Penske, venceu na noite de sábado (06/06), o GP do Texas, 6ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Castroneves no ano. O australiano Ryan Briscoe completou a dobradinha da Penske, e assumiu a liderança do campeonato, com 199 pontos. O atual campeão, o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, terminou em 3º.

Logo na segunda volta da prova, o norte-americano Graham Rahal, da Newman/Haas/Lanigan, rodou acertando o venezuelano Ernesto Viso, da HWM, e a venezuelana Milka Duno, da Dreyer&Reinbold, acionando a primeira bandeira amarela da prova.

O escocês Dario Franchitti, da Ganassi, assumiu a liderança, até ser ultrapassado por Briscoe, na 12ª volta.  Sem bandeiras amarelas, o australiano foi abrindo uma larga vantagem na frente, de oito segundos. Com metade da prova disputada Briscoe já tinha colocado uma volta de vantagem no oitavo colocado, o brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green.

Na 151ª volta a segunda bandeira amarela foi agitada, por detritos na pista. Na relargada Briscoe manteve a liderança, até o norte-americano A.J.Foyt IV, da Foyt, acertar o muro, na 170ª volta. Nos boxes a equipe de Castroneves foi mais rápida do que a do parceiro, colocando o brasileiro na primeira posição.

Briscoe, colado em Castroneves, tentou recuperar a posição nas voltas finais, mas teve que se conformar em perder uma prova que dominou até Foyt acertar o muro. O “Homem-Aranha” venceu pela 16ª vez na categoria, comemorando como o de costume, escalando a tela de proteção para delírio dos fãs.

Dixon foi o 3º, seguido pelo norte-americano Marco Andretti, da Andretti-Green.  O escocês Dario Franchitti, da Ganassi, vinha em 4º até a última volta, quando teve que diminuir a velocidade para não ficar sem combustível. A norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green, chegou em 6º, com o inglês Dan Wheldon, da Panther, na 7ª posição. Kanaan, depois de largar em 16ª e fazer um grande começo de prova,   terminou em 8º.

Os brasileiros, Mario Moraes, da KV Racing, Raphael Matos, da Luczo Dragon, foram, respectivamente, 10º e 12º lugares.

Briscoe assumiu a liderança do campeonato, com 199 pontos, três a mais do que Dixon. Franchitti, que chegou ao Texas como líder, caiu para terceiro, com 188. Sem ter disputado a primeira prova do ano, Castroneves soma 186, na 4ª posição. Kannan tem 146 em 7º, Matos, 106, em 13º e Moraes, com 95, em 17º.

A próxima etapa acontece no dia 21 de junho, em Iowa.

Final:

1º. Helio Castroneves (BRA/Penske), 228 voltas
2º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 0s3904
3º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 2s2461
4º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 4s3745
5º. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), a 4s7965
6º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 5s2980
7º. Dan Wheldon (ING/Panther), a 7s6203
8º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 8s5009
9º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 18s7088
10º. Mario Moraes (BRA/KV), a 1 volta
11º. Robert Doornbos (HOL/Newman-Haas-Lanigan), a 1 volta
12º. Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), a 2 voltas
13º. Tomas Scheckter (AFS/Dreyer & Reinbold), a 2 voltas
14º. Alex Tagliani (CAN/Conquest), a 3 voltas
15º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne), a 3 voltas
16º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Vision), a 3 voltas
17º. Sarah Fisher (EUA/Sarah Fisher), a 6 voltas
18º. Jaques Lazier (EUA/3G), a 18 voltas
19º. Mike Conway (ING/Dreyer & Reinbold), a 43 voltas

Não completaram:

A.J. Foyt (EUA/Foyt), acidente
Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), mecânico
Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), acidente
Milka Duno (VEN/HVM), acidente
E.J. Viso (VEN/HVM), acidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *