IndyCar: Juan Pablo Montoya vence em São Petersburgo

O colombiano Juan Pablo Montoya (Penske) venceu neste domingo, no circuito montado nas ruas de São Petersburgo, nos EUA, a prova de abertura da temporada. O australiano Will Power completou a dobradinha da Penske. O brasileiro Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Team) fechou o pódio.

Pole-position, Power dominou a prova, até um pit stop em bandeira verde, entre as voltas 81 e 82. Montoya assumiu a liderança, e em duas voltas abriu 3s3 de vantagem.

Power partiu para cima do parceiro de equipe, na tentativa de recuperar a ponta. Faltando dez voltas para o final, a diferença era de apenas 0s6147.

Na volta 101, Power tentou superar Montoya na curva 10. Os dois carros se tocaram de leve, e a vantagem de Montoya subiu para 1s5474.

Montoya venceu pela segunda vez, após o seu retorno no ano passado. Power e Kanaan completaram o pódio.

O brasileiro Helio Castroneves terminou em quarto, seguido pelo francês Simon Pagenaud, seu parceiro na Penske.  O francês Sébastien Bourdais (KVSH Racing) foi o sexto.

Os norte-americanos Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosports) e Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises), o italiano Luca Filippi (CFH Racing) e o norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) fecharam os dez primeiros.

Power liderou 75, das 110 voltas. Montoya liderou 27, Hawksworth cinco, Pagenaud duas e Castroneves uma.

Foram cinco bandeiras amarelas na prova. As três primeiras por detritos na pista. A quarta amarela foi acionada entre as voltas 47 e 52, após um toque entre o britânico James Jakes (Schmidt Peterson Motorsports) e a suíça Simona de Silvestro (Andretti Autosport). Os norte-americanos Charlie Kimball (Ganassi Racing Team) e Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Racing) se tocaram na curva dez, e provocaram a última amarela, entre as voltas 54 e 57.

A próxima etapa, o GP de Louisiana, acontece no dia 12 de abril.   

Final:

1 – Juan Pablo Montoya (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 110 voltas
2 – Will Power (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 0″9930
3 – Tony Kanaan (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 11″1685
4 – Helio Castroneves (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 11″4376

5 – Simon Pagenaud (Dallara DW12-Chevy) – Penske – 12″3909
6 – Sebastien Bourdais (Dallara DW12-Chevy) – KV – 16″4923
7 – Ryan Hunter-Reay (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 27″7102
8 – Jack Hawksworth (Dallara DW12-Honda) – Foyt – 34″9206
9 – Luca Filippi (Dallara DW12-Chevy) – CFH – 38″1564
10 – Marco Andretti (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 38″6910
11 – Graham Rahal (Dallara DW12-Honda) – Rahal – 40″3895
12 – Josef Newgarden (Dallara DW12-Chevy) – CFH – 51″7710
13 – Takuma Sato (Dallara DW12-Honda) – Foyt – 52″2688
14 – Carlos Munoz (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 56″7210
15 – Scott Dixon (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 59″6613
16 – James Hinchcliffe (Dallara DW12-Honda) – Schmidt – 1’02″4581
17 – Gabby Chaves (Dallara DW12-Honda) – Herta – 1’03″0667
18 – Simona De Silvestro (Dallara DW12-Honda) – Andretti – 1’03″1422
19 – Sage Karam (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 1 volta
20 – Stefano Coletti (Dallara DW12-Chevy) – KV – 1 volta
21 – Charlie Kimball (Dallara DW12-Chevy) – Ganassi – 1 volta
22 – James Jakes (Dallara DW12-Honda) – Schmidt – 10 voltas

Abandonos;
Francesco Dracone (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 71 voltas
Carlos Huertas (Dallara DW12-Honda) – Coyne – 20 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *