IndyCar: Justin Wilson vence no Texas

O britânico Justin Wilson (Dale Coyne) venceu neste sábado (09/06), o GP do Texas, em Fort Worth, 7ª etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Wilson no ano e 2ª na categoria, a primeira em um circuito oval. O norte-americano Graham Rahal (Ganassi) terminou em 2º, seguido pelo australiano Ryan Briscoe (Penske).

Rahal havia assumido a ponta faltando 28 voltas para o final. Na penúltima volta o filho do tri-campeão Bobby, pressionado por Wilson, deu uma lambida no muro da curva 4, desequilibrando o carro. Wilson assumiu a ponta, recebendo a bandeirada com 3s92 de vantagem sobre Rahal (que perdeu a chance de vencer pela segunda vez na categoria). Wilson havia largado da 17ª posição. Foi a segunda vitória da Dale Coyne na categoria (Wilson venceu em Watkins Glen em 2009).

Briscoe foi o 3º. O canadense James Hinchcliffe (Andretti Autosport) terminou em 4º, seguido pelo norte-americano J.R. Hildedrand (Panther), que largou em penúltimo, e o francês Simon Pagenaud (Schmidt). Apenas os seis primeiros terminaram na volta do líder.

Após se envolver em um toque nos pits, na metade da provas, com o norte-americano Josef Newgarden (Fisher Hartman), o brasileiro Helio Castroneves (Penske) foi o 7º, com o líder do campeonato, o australiano Will Power, seu parceiro de equipe, em 8º. Power se envolveu em um toque com o brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) em uma relargada, na parte final da prova, e levou um drive-through, quando era o líder da prova. O pole-position, o canadense Alex Tagliani (BHA) e o britânico James Jakes, parceiro de equipe do vencedor, fecharam os dez primeiros.

Kanaan, que teve que trocar o bico do carro após o toque com Power, foi o 11º. O brasileiro passou toda a prova com problemas no macaco hidráulico do carro, o que atrasou as paradas nos pits.

O atual tri-campeão, o escocês Dario Franchitti (Ganassi) foi apenas o 14º, com três voltas de atraso. Seu parceiro de equipe, o neozelandês Scott Dixon abandonou após perder o controle do carro e acertar o muro interno da pista, na 173ª volta. Dixon liderou o maior número de voltas, 133, até bater no muro (seu último acidente em um oval havia acontecido em 2005).

O brasileiro Rubens Barrichello (KV Racing) devido a um problema na injeção de combustível no carro, não largou.

Foram quatro bandeiras amarelas, por 32 voltas. A primeira na 32ª volta, após a rodada do norte-americano Charlie Kimball, que acertou o muro. O japonês Takuma Sato (Rahal Letterman) provocou a segunda amarela, ao sair de traseira e bater no muro na 65ª volta. 

O venezuelano Ernesto Viso (KV Racing) provocou a 3ª amarela, ao ter problemas mecânicos e parar na pista. A última aconteceu na batida de Dixon no muro.

Dixon liderou 133 voltas (21-116/126-133/142-170). Rahal 27 (200-226), Power 24 (171-194), Tagliani 20 (1-20), Wilson 11 (117-125/226-228), Hinchcliffe 8 (134-141) e Briscoe 5 (195-199).

Briscoe fez a melhor volta: 24s5170 (213.648 mph) na 141ª volta.

Power lidera o campeonato com 256 pontos. Dixon é o 2º com 222, seguido por Hinchcliffe com 208 e Castroneves com 203. Kanaan com 160 é o 9º e Barrichello o 17º com 118.

A próxima etapa, o GP de Milwaukee que acontece na próxima semana, dia 16 de junho.

Final:

1º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda), 228 voltas em 01h59m02s0131
2º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda), a 3s9202
3º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet), a 5s8619
4º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet), a 10s4511
5º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet), a 18s7749
6º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda), a 21s3883
7º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet), a 1 volta
8º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet), a 1 volta
9º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda), a 1 volta
10º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda), a 1 volta
11º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet), a 1 volta
12º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet), a 1 volta
13º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda), a 2 voltas
14º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda), a 3 voltas
15º. Katherine Legge (ING/Dragon-Chevrolet), a 4 voltas
16º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda), a 4 voltas
17º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet), a 6 voltas

Não completaram:
Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda), na volta 173
Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet), na volta 129
Oriol Servià (ESP/Dreyer & Reinbold-Lotus), na volta 89
Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet), na volta 66
Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda), na volta 64
Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda), na volta 30
Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet), na volta 0
Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus), na volta 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *