IndyCar: Justin Wilson vence pela primeira vez

O inglês Justin Wilson, da Newman-Haas-Lanigan,venceu neste domingo (31/08), o GP de Detroit, 16ª e penúltima etapa da temporada. Os brasileiros Helio Castroneves, da Penske, e Tony Kanaan, da Andretti-Green, completaram o pódio.

Saindo na pole-position o líder do campeonato, o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, manteve a ponta na largada, seguido por Castroneves e o espanhol Oriol Servià, da KV Racing. Logo na primeira volta aconteceu a primeira amarela da prova, com a rodada da venezuelana Milka Duno, da Dreyer&Reinbold. Na 4º volta a corrida recomeçou.


Sem trocas de posições entre os ponteiros, a prova seguia monótona até o brasileiro Jaime Câmara, da Conquest e o inglês Dan Wheldon, da Chip Ganassi, se tocarem na 17º volta, trazendo a segunda amarela. Dixon foi para os boxes, fazer a sua primeira parada, voltando na 18º posição. Castroneves permaneceu na pista, assumindo a liderança, seguido por Servià. Na 20º prova a bandeira verde retornou a pista.


Na 30º volta Helinho fez a sua parada, em bandeira verde, voltando à frente de Dixon, tal era a sua vantagem. Na volta seguinte a amarela voltou, quando numa disputa, a norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green ficou parada em uma curva, e o venezuelano Ernesto Viso, da HVM, bateu no muro. O brasileiro Vitor Meira, da Panther, acabou se envolvendo, tendo que sair da pista, perdendo várias posiçõAlguns pilotos foram para uma nova parada nos boxes.


A prova recomeçou na 38º volta, com Castroneves em primeiro, seguido por Wilson e Servià. Tranqüilo na ponta o brasileiro só perdeu a liderança, para Servià, por uma volta, quando foi aos boxes na 58º volta.


Contudo, os quinze segundos de vantagem para Wilson viraram poeira, quando Wheldon bateu na proteção de pneus, na 65º volta. A relargada aconteceu quatro voltas depois.


Wilson foi para cima de Castroneves, que começou a bloquear o inglês, impedindo a ultrapassagem. A direção da prova acabou punindo o piloto da Penske, que na 73º volta teve que abrir passagem para Wilson, que venceu pela primeira vez na categoria. Ele é apenas o 11º na tabela de pontos.


Kanaan foi 3º, seguido por Servià e Dixon. O norte-americano Ryan-Hunter Reay, da Rahal-Letterman, completou os seis primeiros. O brasileiro Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, fez uma grande prova. Após largar na 24º posição, devido a uma batida no treino classificatório, o mineiro usou uma estratégia diferente de paradas nos boxes, completando a prova na 7º posição.  Seu parceiro de equipe, Mario Moraes, foi o 15º, duas posições a frente de Meira.


Dixon tem 606 pontos no campeonato, trinta a mais do que Castroneves.


A decisiva etapa acontece no próximo domingo (07/08), em Chicago.


Final:

1º. Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), 87 voltas
2º. Hélio Castroneves (BRA/Penske), a 4s4058
3º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 17s6815
4º. Oriol Servia (ESP/KV), a 26s5468
5º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 27s7185
6º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 28s2688
7º. Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), a 28s6815
8º. Will Power (AUS/KV), a 28s8776
9º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 35s5244
10º. AJ Foyt IV (EUA/Vision), a 38s1040
11º. Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), a 38s3811
12º. Darren Manning (ING/Foyt), a 44s6662
13º. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), a 47s8028
14º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 1min01s277
15º. Mário Moraes (BRA/Dale Coyne), a 1 volta
16º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 1 volta
17º. Vitor Meira (BRA/Panther), a 4 voltas
21º. Tomas Scheckter (AFS/Luczo Dragon), a 31 voltas

Não terminaram:

Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 6 voltas
Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), a 11 voltas
Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 23 voltas
Alex Tagliani (CAN/Conquest) a 33 voltas
Milka Duno (VEN/Dreyer & Reinbold), a 41 voltas
Ernesto Viso (VEN/HVM), a 55 voltas
Jaime Câmara (BRA/Conquest), a 71 voltas
Marty Roth (CAN/Roth), a 87 voltas

Nova classificação geral:

1. Scott Dixon 606
2. Helio Castroneves 576
3. Tony Kanaan 481
4. Dan Wheldon 464
5. Ryan Briscoe 412

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *