Indycar: Kanaan pode deixar Andretti Autosport por falta de patrocínio

O piloto Tony Kanaan poderá iniciar o próximo ano sem um emprego fixo na Fórmula Indy. Isso porque a sua permanência na Andretti Autosport para a temporada 2011 poderá ser vetada por conta da perda de um importante patrocínio por parte da equipe específica do brasileiro.

A equipe declarou oficialmente que quer manter o piloto caso consiga uma nova marca para estampar o carro de Tony. Em contrapartida, o deixou totalmente liberado para procurar uma nova agremiação para se juntar a partir da próxima temporada.

Chefe de marketing e vice-presidente sênior da Andretti, John Lopes afirmou que o time não medirá esforços para manter o brasileiro no time. “Nosso objetivo é tê-lo na nossa formação em 2011 e estamos trabalhando duro para transformar isso em realidade”, contou.

Lopes agradeceu, ainda, a 7-Eleven, marca de lojas de conveniência que deixou a Andretti Autosport com o final da temporada 2010, vencida por Dario Franchitti, da Chip Ganassi.

“Confirmamos hoje que a 7-Eleven não irá retornar como principal patrocinadora do carro #11 na próxima temporada. Agradecemos por todos os anos de parceria e estamos orgulhosos de tudo que conquistamos juntos”, afirmou.

Desde 2003 com o carro 11 da Andretti Autosport (que à época se chamava Andretti Green), Kanaan conquistou 14 vitórias e um título da F-Indy, na temporada 2004. Em 2010, ele foi o piloto mais bem colocado da equipe, ficando em sexto na classificação geral – à frente dos companheiros Ryan Hunter-Reay, Marco Andretti e Danica Patrick.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *