IndyCar: Kanaan se classifica na segunda fila em Indianápolis

Brasileiro retribuí esforço da equipe com bom resultado no Pole Day

Após chegar a um consenso de que o carro do brasileiro Tony Kanaan apresentava algum problema durante os treinos de sexta-feira (8), a Andretti Green Racing iniciou uma maratona contra o relógio para colocar o campeão de 2004 em condições de disputar o “Pole Day”, que definiu as 11 primeiras das 33 posições do grid das 500 Milhas de Indianápolis, quarta etapa da Fórmula Indy 2009. Durante a madrugada, 20 mecânicos se revezaram na preparação de um carro reserva, que havia sido usado pelo japonês Hideki Mutoh na prova do Kansas. Houve também uma mistura de peças, por exemplo, com o “nariz” e a asa traseira do carro verde de Kanaan, o chassi de Mutoh, além de outros componentes vindos dos times de Marco Andretti e Danica Patrick, um novo motor e uma nova caixa de câmbio. O brasileiro acompanhou o trabalho da equipe até a meia-noite e meia até ser “expulso” pelos integrantes da AGR que o obrigaram a descansar, mas os trabalhos continuaram madrugada a dentro.

No “Pole Day” do sábado (9), Kanaan soube retribuir o apoio incansável de toda a equipe e se classificou na 6a posição, fechando a 2a fila da principal prova da Fórmula Indy do ano, o melhor colocado entre os quatro carros da AGR. O feito foi considerável positivo pelo brasileiro, já que ele não tinha um carro competitivo até poucas horas antes da disputa e manteve o retrospecto de nunca largar atrás da segunda fila em oito participações no Indianápolis Motor Speedway.

“Definitivamente, eu só tenho que estar feliz por fazer parte de uma equipe assim. Aliás, uma família. É muito gratificante saber o quanto as pessoas se dedicaram para me dar o melhor equipamento possível para disputarmos o Pole Day. As cores não combinaram muito, mas a segunda fila foi um grande resultado depois de todas as circunstâncias”, destacou o brasileiro, que busca sua primeira conquista no tradicional circuito de 2,5 milhas, que acontece dia 24 de maio.

A pole-position ficou com o paulista Hélio Castroneves, da Penske, que divide a primeira fila com Ryan Briscoe (Penske) e Dario Franchitti (Ganassi). Na segunda fila, Kanaan terá a companhia de Graham Rahal (NHL) e Scott Dixon (Ganassi), na quarta e quinta colocação respectivamente. Neste domingo (10), serão definidas as posições de 12a a 22a.

“Agora, com a classificação definida, vamos nos concentrar no acerto para a corrida”, falou o baiano, sobre os treinos livres que voltam para valer na quinta-feira (14).

Confira o resultado do Pole Day:

1°. Helio Castroneves (BRA/Penske), 2min40s0967
2°. Ryan Briscoe (AUS/Penske), 2min40s6540
3°. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), 2min40s7068

4°. Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 2min40s7470
5°. Scott Dixon (NZL/Ganassi), 2min40s8098
6°. Tony Kanaan (BRA/Andretti Green), 2min40s9934

7°. Mario Moraes (BRA/KV), 2min41s1958
8°. Marco Andretti (EUA/Andretti Green), 2min41s3522
9°. Will Power (AUS/Penske), 2min41s4146

10°. Danica Patrick (EUA/Andretti Green), 2min41s5205
11°. Alex Lloyd (ING/Ganassi-Sam Schmidt), 2min41s7093

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *