IndyCar: Long Beach encerra fase de circuitos mistos antes da estreia dos ovais na temporada

Para o brasileiro Mário Romancini, experiência da equipe será fundamental para um bom resultado no circuito de rua mais difícil do ano.

A quarta etapa do campeonato 2010 da Fórmula Indy será disputada no próximo final de semana (16 a 18/4) em uma das pistas de rua mais famosas do mundo. As ruas de Long Beach (Flórida), que já foram palco de provas da Fórmula 1 entre 1976 e 1983, recebem pelo 27º ano consecutivo a etapa do mais importante campeonato de monopostos da América: a Fórmula Indy. 
“É o circuito de rua mais técnico de toda a temporada”, aponta o brasileiro Mário Romancini que, em seu primeiro ano na Indy, fará sua corrida de estreia em Long Beach. “Acho que deve ser uma das provas mais difíceis do ano. É uma pista que, como São Paulo, proporciona algumas chances de ultrapassagens, mas por outro lado não admite erros”, avalia o piloto, melhor estreante até aqui no campeonato.
Por causa das dificuldades já conhecidas do circuito, Romancini aposta na experiência da equipe Conquest para buscar mais pontos na temporada. “Mais do que as impressões que vou levar para os engenheiros depois dos primeiros treinos, o banco de dados da equipe sobre o acerto do carro nessa pista será muito importante. É dela que vamos tirar a base para o final de semana e apenas fazer os ajustes de adaptação necessários às condições que encontrarmos lá”, comenta o brasileiro. 
Estratégia – Depois de analisar o consumo de pneus nas três primeiras corridas do campeonato, Mario Romancini e a equipe Conquest Racing já definiram a estratégia de paradas de box que pretendem adotar em Long Beach. Em razão do maior consumo dos pneus vermelhos, o brasileiro revelou que o objetivo será fazer do turno com esse tipo de composto o mais curto da prova.
“Os pneus vermelhos estão acabando rápido, e sentimos isso principalmente em St. Pete, quando depois de oito voltas já não tínhamos a mesma aderência. Por isso, se tivermos que fazer três paradas em Long Beach, vamos optar por completar dois trechos com os pneus pretos e apenas um com o vermelho”, revelou o brasileiro.
Mistos darão lugar a ovais -Long Beach também encerra uma primeira fase do campeonato da Fórmula Indy: a dos circuitos mistos, que receberam também as três primeiras etapas do ano. Depois dela, a categoria parte para uma série de quatro circuitos ovais entre maio e junho -que inclui, além das 500 Milhas de Indianápolis, provas no Kansas, Texas e Iwoa. 
O líder do campeonato até aqui é o australiano Will Power, vencedor das três primeiras etapas. A segunda colocação é de Hélio Castroneves que vem de uma vitória na etapa do Alabama disputada no último final de semana. Mário Romancini, por sua vez, lidera a classificação dos pilotos estreantes à frente de Simona De Silvestro, Alex Lloyd, Takuma Sato e Bretrand Baguette – além de Bia Figueiredo, que disputou apenas a etapa brasileira, em São Paulo. 
Os treinos livres em Long Beach começam na sexta-feira. A corrida será disputada no domingo a partir das 15h15 (horário de Brasília). Confira abaixo a programação do final de semana e a tabela de pontos do campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *