IndyCar: Marco Andretti vence em Iowa

O norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) venceu no sábado (25/06), o GP de Iowa, 8ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Andretti na categoria. O brasileiro Tony Kanaan (KV Racing) e o neozelandês Scott Dixon (Ganassi) completaram o pódio.

Andretti e Kanaan (que venceu a prova em 2010 pela Andretti Autosport) fizeram um grande duelo pela vitória após a última relargada da prova, na 199ª volta. Tendo mais pus-to-pass para usar (o botão que adiciona potência ao motor) Andretti superou o ex-parceiro de equipe, em definitivo, a 18 voltas do final.

Andretti, que largou em 17º lugar, venceu com 0s7 de vantagem sobre Kanaan. A primeira vitória do norte-americano havia acontecido em 2006, no Infineon Raceway, prova em circuito misto. Dixon ganhou 20 posições durante a prova, e completou o pódio.

O norte-americano JR Hildebrand (Panther) foi o 4º. Líder em 172, das 250 voltas disputadas, o escocês Dario Franchitti (Ganassi) terminou em 5º e assumiu a liderança do campeonato. O australiano Ryan Briscoe (Penske) foi o 6º.

O brasileiro Helio Castroneves (Penske) chegou em 7º, depois de ter um pneu furado no começo da prova, o que ocasionou um pit stop extra. O norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti-Autosport) foi o 8º, seguido pelo canadense James Hinchcliffe (Newman-Haas) e a norte-americana Danica Patrick (Andretti-Autosport).

O espanhol Oriol Servia (Newman-Haas) vinha entre os seis primeiros, até perder tempo no último pit stop e cair para 14º no final.

Entre os demais brasileiros, Vitor Meira (A.J.Foyt) e Bia Figueiredo (Dreyer&Reinbold), abandonaram.

Foram cinco bandeiras amarelas na prova. A primeira acionada pela batida do britânico James Jakes (Dale Coyne) no muro na 22ª volta. Na 44ª volta, Figueiredo e o britânico Mike Conway (Andretti Autosport) bateram, com ambos abandonando. Meira acabou tendo o carro danificado pela sujeita provocada pelo acidente, o que prejudicou o desempenho e levou o piloto a abandonar nas voltas finais.

Na 90ª volta o então líder do campeonato, o australiano Will Power (Penske) bateu de traseira no muro. Power já havia se envolvido em um acidente com o norte-americano Charlie Kimball (Ganassi) nos pits.

A quarta amarela foi provocada pela batida do colombiano Sebastian Saavedra (Conquest) de traseira no muro, na 115ª volta. O piloto foi retirado do carro pela equipe médica, sem ferimentos.

A última amarela aconteceu na 183ª volta, com a batida do pole-position, o japonês Takuma Sato (KV Racing) no muro.

Franchitti lidera o campeonato com 303 pontos, vinte a mais do que Power.

A próxima etapa acontece em Toronto, no Canadá, no dia 10 de julho.

Final:

1º. Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport), 250 voltas
2º. Tony Kanaan (BRA/KV), a 0s7932
3º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 1s1067
4º. JR Hildebrand (EUA/Panther), a 1s4856
5º. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), a 1s8926
6º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 2s3628
7º. Hélio Castroneves (BRA/Penske), a 2s6732
8º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Autosport), a 4s1625
9º. James Hinchcliffe (CAN/Newman-Haas), a 5s6272
10º. Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport), a 6s0327
11º. Ed Carpenter (EUA/Sarah Fisher), a 7s6745
12º. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 14s1527
13º. Alex Lloyd (ING/Dale Coyne), a 16s8865
14º. Oriol Servià (ESP/Newman-Haas), a 1 volta
15º. Graham Rahal (EUA/Ganassi), a 1 volta
16º. Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt), a 1 volta
17º. Ernesto Viso (VEN/KV), abandonou
18º. Vitor Meira (BRA/Foyt), abandonou
19º. Takuma Sato (JAP/KV), acidente
20º. Sebastian Saavedra (COL/Conquest), acidente
21º. Will Power (AUS/Penske), acidente
22º. Charlie Kimball (EUA/Ganassi), abandonou
23º. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), acidente
24º. Mike Conway (ING/Andretti Autosport), acidente
25º. James Jakes (ING/Dale Coyne), acidente

Classificação do Campeonato:

1) Dario Franchitti 303 pontos
2) Will Power 283
3) Scott Dixon 230
4) Oriol Servia 214
5) Tony Kanaan 211

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *