IndyCar: Pane em bomba de combustível compromete trabalho de Vitor Meira

Brasileiro da A.J. Foyt Racing larga em 17º em Watkins Glen para a nona etapa da temporada da Fórmula Indy

O dia de treinos classificatórios para a nona etapa da temporada 2010 da Fórmula Indy não foi tão positivo quanto Vitor Meira esperava. O brasileiro da A.J. Foyt vai largar em 17º para a prova deste domingo (4) no circuito misto de Watkins Glen, onde a pole-position foi conquistada pelo australiano Will Power, da Penske. Um problema no carro número 14 no início da última sessão de treinos livres deste sábado (3) comprometeu as metas de Meira.

“A minha perspectiva era de largar entre os 12 primeiros. Não deu”, disse o piloto, que terminou as duas últimas corridas da Indy entre os 10 primeiros – foi décimo no Texas e sétimo em Iowa, duas etapas disputadas em circuitos ovais. A participação de Meira no treino livre da manhã foi comprometida por uma pane na bomba de combustível. “Fiquei fora do treino, não deu para testar nada. Isso deu uma machucada na nossa performance”, falou.

Meira constatou evolução durante o fim de semana em Watkins Glen. “O carro chegou aqui ruim, não estava bom, mas foi melhorando a cada vez ida para a pista. De ontem para hoje a gente melhorou uns dois décimos (de segundo), tem muito ainda para melhorar, mas o lado bom disso tudo é que a gente sabe o que é preciso fazer. Estou muito esperançoso para a corrida”, declarou o brasiliense, que vê pontos positivos no traçado de 5.431 metros.
“Uma coisa boa é que essa pista de Watkins Glen, que é uma das minhas preferidas, permite ultrapassagens. E aqui a estratégia vai contar muito, porque o panorama de corrida não é muito claro, não é um trabalho fácil, vai ter muita gente com estratégias diferentes”, pressupôs Meira. “Não estou dizendo que a gente vá arriscar muito, porque a gente não vai, não é essa a ideia. Mas isso é coisa que nunca se sabe, também. Vamos ver”, encerrou.

O GP de Watkins Glen, neste domingo, terá largada às 16h55 de Brasília. A Rede Bandeirantes transmitirá ao vivo a partir das 16h45, com narração de Téo José e comentário de Felipe Giaffone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *