IndyCar: Porto Alegre está cada vez mais próxima da Fórmula Indy

Comitiva da capital Gaucha participa do centenário das 500 Milhas de Indianapólis

A prova que celebra o centésimo ano das 500 Milhas de Indianapólis, recebeu a comitiva de deputados do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (27). A delegação do parlamento gaucho está na cidade de Indianapólis com interesse de tornar cada vez mais viável uma prova na capital gaucha.

A comitiva presente no Indianapólis Motor Speedway é representada pelos Deputados Alexandre Postal e Paulo Ferreira, entre outros membros responsáveis em levar a categoria para Porto Alegre. Os representantes da Fórmula Indy no Brasil, Carlo Gancia e Willy Herrmann, acompanham a delegação.

“Estamos aqui presenciando esse evento, que é o maior do automobilísmo, com a intenção de maximizar o interesse do nosso Estado em levar a categoria para Porto Alegre. Nós do parlamento do Rio Grande do Sul estamos ansiosos e viabilizando esforços para sensiilizar a direção da categoria para que as negociações seja cada vez mais positivas. Nós realmente queremos levar esse evento que tráz turismo, recursos e outros beneficios para nosso Estado e automaticamente para o nosso País,” comentou Postal.

“O evento da Indy trouxe para o Brasil a visibilidade com o uso do etanol brasileiro, e isso acabou criando inúmeras oportunidades e possibilidades para empresas brasileiras. O turismo é outra questão que a categoria enfatiza no país. Todos ligados ao automobilismo e ao esporte no Rio Grande do Sul tem o interesse de empreender a categoria no Estado. Estamos aqui com uma grande delegação com o propósito de levar essa festa para uma segunda corrida no Brasil,” afirmou Paulo Ferreira.

A possível prova no Rio Grande do Sul, provisoriamente, tem setembro de 2012 como data sendo o GP do Mercosul. Na semana da SP Indy 300, foi assinado um protocolo de intenções para Porto Alegre ser a segunda prova da Fórmula Indy no Brasil. A etapa seria conhecida como o GP do Mercosul, visibilizando a relação com os países vizinhos do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *