IndyCar: Rivais se dizem ansiosos para enfrentar ‘novato’ Barrichello

Scott Dixon, Charlie Kimball e Hélio Castroneves falam de suas expectativas diante do novo brasileiro do grid

Quase 20 anos após estrear na Fórmula 1, Rubens Barrichello volta a se sentir como um novato. Desta vez na Fórmula Indy, o piloto participa dos treinos livres oficiais no circuito de Sebring – que se iniciaram nesta segunda-feira (05/03) e terminam na sexta (09/03). O brasileiro vive sua primeira experiência como piloto da categoria norte-americana. E também realizará no dia 29 de abril sua primeira corrida no Brasil em muitos anos fora do autódromo de Interlagos – a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no Circuito Anhembi.

A chegada de Barrichello coincide com uma nova fase da categoria, que a partir de agora contará com um novo chassi produzido pela Dallara e motores feitos por três fabricantes: Lotus, Chevrolet e a Honda, que continua como fornecedora da categoria. O carro ainda é uma incógnita para os veteranos da Indy. No entanto, todos concordam que a chegada de um piloto do calibre e experiência de Rubens Barrichello deve contribuir para o desenvolvimento do esporte, pode elevar o nível da disputa e também será um componente de interesse para os fãs e a mídia durante todo o ano.

“Com os novos carros e as novas fábricas de motores entrando na competição neste ano, a vinda do Rubens aumenta ainda mais a temperatura na Indy. Estou ansioso para competir com ele e com todos os pilotos quando a luz verde acender em São Petersburgo no fim deste mês”, comentou Scott Dixon, da Chip Ganassi (Honda), referindo-se à abertura da temporada, no dia 25 de março.

O brasileiro Helio Castroneves endossa as palavras de Dixon e acredita que Barrichello, mesmo sem nunca ter competido com um carro da Indy, chega como um dos favoritos ao título. “Toda a categoria terá um impulso com a presença do Rubinho. É outro grande nome incorporado ao nosso grid. Ele vai brigar pelo título, e a competição só tem a ganhar com isso”, afirmou o piloto da Penske (Chevrolet).

O piloto Charlie Kimball, também da Chip Ganassi (Honda), que está em sua segunda temporada na categoria, se mostrou ansioso para correr ao lado de uma das lendas do automobilismo na Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé. “Ter Rubens na Fórmula Indy adiciona mais um incrível talento para o campeonato e garante que nossa corrida no Brasil seja ainda mais alucinante do que de costume. Rubens tem competido por muito tempo em alto nível e é tão respeitado que será um grande trunfo para a Indy. Que seja bem-vindo!”, finalizou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *