IndyCar: Ryan Hunter-Reay larga na pole em São Paulo

O atual campeão, o norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) conquistou neste sábado (04/05), a pole-position para a São Paulo Indy 300, quarta etapa da temporada. Na “Top Six” Hunter-Reay marcou o tempo de 1m20s4312.

Surpresa do treino, o venezuelano Ernesto Viso completa a dobradinha da Andretti Autosport. O escocês Dario Franchitti (Ganassi) abre a segunda fila, seguido pelo brasileiro Tony Kanaan (KV Racing). Com a mão direita fraturada, Kanaan foi o mais rápido na Q2.

Kannan participou dos treinos após tomar uma injeção contra dor. O piloto disse que o efeito da injeção dura três horas, e que irá tomar outra amanhã antes da prova. E que a prova não pode passar de três horas, senão as dores voltam fortes. Completando 200 provas na categoria, Kanaan corre com um adesivo comemorativo no capacete.

O canadense James Hinchcliffe (Andretti Autosport) e o neozelandês Scott Dixon (Ganassi) completam os seis que disputaram a parte decisiva do treino.

Os demais brasileiros não conseguiram passar da fase de grupos do treino. Bia Figueiredo (Dale Coyne) alinha na 16ª posição e Helio Castroneves (Penske) na 18ª.

“Rei de São Paulo”, o australiano Will Power (Penske), depois de liderar os dois treinos livres, larga apenas da 22ª posição. 

A Penske errou a estratégia, mantendo seus pilotos nos boxes no começo da Q1. Com a bandeira vermelha, provocada pelo acidente do britânico James Jakes (RLL), Power e Castroneves não conseguiram marcar tempo. Em caso de bandeira o tempo não para, o que arruinou a estratégia da Penske.

Na coletiva de imprensa Castroneves declarou que a regra poderia ser revista, pois numa final de campeonato, pode haver jogo de equipe. As equipes e a organização poderiam conversar sobre a mudança. E que a Penske não pensa em fazer algum protesto, pois o fato já passou. Helio disse que o negócio agora é ir para cima na prova, e aproveitar os pontos de ultrapassagem da pista.

Figueiredo aproveitou a coletiva para mostrar o logo (Bia BF20), colocado em seu capacete, comemorativo aos seus 20 anos de carreira. E dizer que serão feitas diversas promoções para celebrar a data.

Grid:

1. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet)
2. Ernesto Viso (VEN/Andretti-Chevrolet)
3. Dario Franchitti (ESC/Ganassi-Honda)
4. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet)
5. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet)
6. Scott Dixon (NZL/Ganassi-Honda)
7. Sebastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet)
8. Simona de Silvestro (SUI/KV-Chevrolet)
9. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda)
10. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet)
11. JR Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet)
12. Takuma Sato (JAP/Foyt-Honda)
13. Oriol Servia (ESP/Panther-DRR-Chevrolet)
14. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet)
15. Alex Tagliani (CAN/Barracuda-Honda)
16. Bia Figueiredo (BRA/Dale Coyne-Honda)
17. Charlie Kimball (EUA/Ganassi-Honda)
18. Helio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet)
19. Graham Rahal (EUA/RLL-Honda)
20. Sebastian Saavedra (COL/Dragon-Chevrolet)
21. Tristan Vautier (FRA/Schmidt-Honda)
22. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet)
23. Josef Newgarden (EUA/Fisher-Hartman-Honda)
24. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt-Hamilton-Honda)
25. James Jakes (ING/RLL-Honda)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *