IndyCar: Scott Dixon vence em Kentucky a sexta prova no ano

O canadense Scott Dixon, da Ganassi, venceu neste sábado (09/08), o GP de Kentucky, 14º etapa da temporada. O brasileiro Helio Castroneves, da Penske, terminou em 2º, com o norte-americano Marco Andretti-Green, completando o pódio.

Na largada Dixon, o pole-position, manteve a posição, seguido pelo brasileiro Vitor Meira, da Panther, e o inglês Dan Wheldon, da Ganassi.


O neozelandês manteve a liderança até a 45º volta, quando Meira assumiu a ponta, por três voltas. Com alguns pilotos indo para o primeiro reabastecimento, Dixon retornou a primeira posição, até parar na 53º volta, com a norte-americana Danica Patrick, da Andretti-Green, que tinha largado na última fila, indo para a liderança. Com todas as paradas feitas, Dixon era líder novamente.


Mesmo parando pela segunda vez nos pits, na 84º volta, Dixon manteve a posição. Dez voltas depois Andretti superou Wheldon começando a pressionar Dixon, que até ali vinha tranqüilo na frente.


Atrapalhado por um retardatário Dixon foi ultrapassado por Andretti e Wheldon na 121º volta. Três voltas depois o brasileiro Enrique Bernoldi, da Conquest, com problemas no carro, foi para os boxes, abandonando.


A venezuelana Milka Duno, da Dreyer & Reinbold, bateu no muro da curva 2 na 133º volta, provocando a bandeira amarela. Com alguns pilotos nos boxes, Dixon saiu na frente, seguido por Andretti e o brasileiro Tony Kanaan, seu parceiro na Andretti-Green. Castroneves optou por uma estratégia diferente de paradas, indo aos boxes na 143º volta, para não precisar fazer uma última parada rápida. A prova recomeçou na 145º volta.


Andretti não desgrudou de Dixon, conseguindo a ultrapassagem na 165º volta. Duas depois foi a vez de Meira passar o neozelandês.


Faltando doze voltas para o término da prova os pilotos começaram a ir aos boxes, para o splash and go. Dixon ficou na pista, voltando para a liderança, seguido por Kannan, o norte-americano Ed Carpenter, da Vision, e o neozelandês Ryan Briscoe, da Penske.


Na 191º volta, Kanaan e Carpenter pararam nos boxes, com Dixon indo três voltas depois. Castroneves assumiu a liderança na 195º, de 200 voltas, com seis segundos de vantagem para Dixon. Andretti era o 3º.


Tendo que economizar gasolina Helio não teve como segurar Dixon, que passou o brasileiro na última curva, vencendo pela sexta vez no ano, após liderar 151 voltas.


Foi a sétima vez que o piloto da Penske terminou na segunda posição na temporada. Andretti, que liderou 38 voltas, completou o pódio. Meira foi o 4º, seguido por Wheldon. Carpenter e Briscoe completaram os seis primeiros. Tony chegou em 7º.


Os brasileiros Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, Jaime Câmara, da Conquest e Mario Moraes, da Dale-Coyne, foram, respectivamente, 13º, 16º e 17º colocados.


Dixon aumentou a sua vantagem no campeonato, somando 558 pontos, 78 a mais do que o vice-líder, Castroneves. Wheldon, em 3º, tem 420.


A próxima etapa acontece no dia 24 de agosto, no circuito misto de Sonoma.


Final:


1º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), 200 voltas
2º. Hélio Castroneves(BRA/Penske), a 0s5532
3º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 0s5707
4º. Vitor Meira (BRA/Panther), a 0s9102
5º. Dan Wheldon (ING/Ganassi), a 2s1472
6º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 5s9531
7º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 6s2271
8º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 7s0932
9º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 10s9526
10º. Buddy Rice (EUA/Dreyer & Reinbold), a 21s6858
11º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 1 volta
12º. Oriol Servia (ESP/KV), a 1 volta
13º. Ernesto Viso (VEN/HVM), a 2 voltas
14º. Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), a 2 voltas
15º. Sarah Fisher (EUA/Sarah Fisher), a 2 voltas
16º. Jaime Câmara (BRA/Conquest), a 3 voltas
17º. Mario Moraes (BRA/Dale Coyne), a 5 voltas


Não completaram:


Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), a 43 voltas
Darren Manning (ING/Foyt), a 53 voltas
AJ Foyt IV (EUA/Vision), a 64 voltas
Milka Duno (VEN/Dreyer & Reinbold), a 70 voltas
Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), a 76 voltas
Marty Roth (CAN/Roth), a 102 voltas
Justin Wilson (ING/Newman-Haas-Lanigan), a 118 voltas
Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), a 172 voltas
Will Power (AUS/KV), a 195 voltas


Classificação geral:


1) Scott Dixon – 588 pontos
2) Hélio Castroneves – 480
3) Dan Wheldon – 420
4) Tony Kanaan – 411
5) Ryan Briscoe – 350

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *