Spyder Race: Fábio Perez voa em Interlagos e fatura mais uma

Pela classe Light, Rony Martins conta com ajuda da sorte para vencer e seguir mais líder do que nunca.


O público presente no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, neste domingo (10/8) mais uma vez pôde ver os líderes da temporada 2008 na Spyder Race no topo do pódio. Fábio Perez e Rony Martins, respectivamente os dois primeiros colocados na categoria principal e na Light, foram os grandes vencedores da oitava etapa do campeonato. O primeiro com uma grande atuação na segunda metade da corrida; o outro, com a famosa dose de sorte que acompanha os vencedores.


 


Quem largou na pole-position geral foi Leandro Romera, que liderou até a terceira volta quando foi ultrapassado pelo jovem Renan Guerra. Este, por sua vez, tratou de abrir uma ligeira diferença na frente, o bastante para não poder ser atacado por Romera – que também tinha distância segura sobre Fábio Perez e Hyppólito Martinez, que vinham logo atrás.


 


Mas o cenário, que caminhava para ser, pela primeira vez no ano, uma corrida sem grandes disputas nas posições de frente, mudou radicalmente com a chegada da metade da prova. Em duas voltas, Fábio Perez não só descontou a diferença que tinha para Romera, como assumiu o segundo lugar. Da mesma maneira alucinante, encostou em Renan Guerra e deu início à batalha pela vitória.


 


Guerra só conseguia abrir pequena vantagem, quando era preciso negociar ultrapassagens com retardatários. Com pista livre, os ataques de Perez eram cada vez mais intensos até que, a cinco voltas do fim, o líder do campeonato conseguiu tomar a ponta. Guerra ainda tentou dar o troco, mas acabou rodando em virtude dos trechos ainda molhados em Interlagos – apesar de o domingo ter amanhecido sem chuva na capital paulista.


 


“A temperatura do motor começou a subir demais e, conseqüentemente, perdi muito em desempenho, principalmente nos trechos de reta. Quando fiquei atrás do Fábio a temperatura subiu ainda mais e eu tinha que tentar ultrapassá-lo de novo. Arrisquei tudo na curva do Laranjinha, mas acabei rodando”, narrou Renan, que terminou a prova na terceira posição – logo atrás de Hyppólito Martinez, que subiu para a vice-liderança do campeonato.


 


Fábio Perez, agora vencedor de cinco provas em oito disputadas, explicou a melhora de rendimento no seu carro depois da metade da corrida. “Na verdade o carro não estava bom no começo da prova, porque os pneus demoraram a esquentar. Mas meu rendimento foi melhorando a cada volta, até entrar no ritmo ideal de corrida”, contou Perez, mais líder do que nunca do campeonato, com 108 pontos conquistados.


 


Bem diferente do vencedor da categoria principal, Rony Martins, primeiro colocado na divisão Light, enfrentou problemas com seu carro desde a primeira volta da corrida. Passou então a correr por mais pontos no campeonato defendendo o segundo lugar, quando soube que o líder da corrida da Light, Marco Cozzi, abandonara com problemas no carro.


 


“Foi uma corrida muito complicada. Rodei no começo porque meu carro tinha algum problema nas curvas, cheguei até a pensar que tinha furado o pneu, mas acho que era alguma coisa na suspensão dianteira. Na parte final, a pressão do óleo também começou a baixar e eu diminui o ritmo para tentar chegar no final sem quebrar. No final o Cozzi teve de abandonar e eu pulei para primeiro. Tive muita sorte”, narrou Martins.


 


Com essa vitória ele também abre grande vantagem na liderança do campeonato, se aproveitando ainda que seus adversários mais próximos – José Cardoso e Alexandre Miranda – fecharam a oitava etapa sem marcar pontos. A Spyder Race e Spyder Race Light podem definir seus campeões com uma etapa de antecipação no próximo dia 24 de agosto, quando será disputada a nona corrida do ano em Interlagos.


 


Veja abaixo como terminou a oitava etapa da Spyder Race e como fica a classificação do campeonato:


 


1) Fábio Perez, 26 voltas em 45m53s667


2) Hyppólito Martinez, a 2s397


3) Renan Guerra, a 16s377


4) Leandro Romera, a 16s948


5) Sérgio Pistili, a 39s698


6) Henrique José, a 51s130


7) Antonio Avallone Jr, a 1m01s967


8) Charles Reed, a 1m14s692


9) Rony Martins (L), a 1m32s661


10) Ciro Aliperti, a 1m51s703


11) Evandro Pelati (L), a 1 volta


12) Roberto Dal Pont (L), a 4s669


13) Mauro Fiamma (L), a 12s288


14) Paulo Andrade (L), a 17s258


15) Paulo Kato (L), a 20s242


16) Alfredo Landsberger (L), a 2 voltas


17) Carlos Medeiros (L), a 3 voltas


18) Rodrigo Posses, a 4 voltas


19) Marco Cozzi (L), a 7 voltas


20) Sérgio Ventura, a 9 voltas


21) Fúlvio Marote, a 19 voltas


22) Celso Freitas, a 20 voltas


23) Fernando Fortes, a 22 voltas


24) Ronaldo Kastropil (L), a 3s063


25) José Cardoso (L), a 24 voltas


26) Jeferson Leandrini (L), a 25 voltas


 


Classificação do campeonato – Spyder Race


 


(Extra-oficial)


 


1) Fábio Perez, 108 pontos


2) Hyppólito Martinez, 87


3) Antonio Avallone Jr, 77


4) Sérgio Pistili, 72


5) José Fortes, 56


6) Henrique José, 53


7) Celso Freitas, 47


8) Renan Guerra, 46


9) Ricardo Kraft, 18


10) Rodrigo Posses, 15


 


Classificação Spyder Race Light


 


(Extra-oficial)


 


1) Rony Martins, 132 pontos


2) José Cardoso, 97


3) Alexandre Miranda, 70


4) Evandro Pelati, 46


5) Alfredo Landsberger, 39


6) Mauro Fiamma, 38


7) Jácomo Sanzone, 30


8) Jeferson Leandrini, 27


9) Paulo Kato, 17


10) Paulo Andrade, 16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *