IndyCar: Scott Dixon vence em Mid-Ohio e reassume liderança do campeonato

O neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, venceu neste domingo (09/08), o GP de Mid-Ohio, nos EUA. Foi a quarta vitória de Dixon no ano e 20ª na categoria. Ele se tornou o maior vencedor da história da categoria. O australiano Ryan Briscoe, da Penske, e o escocês Dario Franchitti, da Ganassi, completaram o pódio.

Pole-position Briscoe manteve a ponta na largada, seguido pelo inglês Justin Wilson, da Dale-Coyne. Na segunda volta o brasileiro Tony Kanaan, da Andretti-Green, na luta pela sétima posição, tocou de leve no norte-americano Ryan Hunter-Reay, da A.J.Foyt, saindo da pista.  Kannan foi para os boxes, caindo para a 21ª posição.

Na 6ª volta, Wilson foi para cima de Briscoe, na curva 11, completando a ultrapassagem usando o botão “puss to pass”, que adiciona de 5 a 20 cavalos de potência no motor.  O inglês abriu cinco segundos de vantagem nas voltas seguintes.

Wilson manteve a liderança na primeira rodada de pit stops, com Dixon saindo à frente de Briscoe, assumindo a segunda posição. O neozelandês foi diminuindo a vantagem de Wilson volta a volta.

Quando Wilson ficou preso, atrás da venezuelana Milka Duno, da Dreyer&Reinbold, Dixon aproveitou a brecha para, assim que ambos superaram a venezuelana,  assumir a liderança na 37ª volta.  Três voltas depois o brasileiro Helio Castroneves, da Penske, provocou a primeira bandeira amarela quando saiu da pista, caindo da 6ª para a 17ª posição.

Uma volta depois da relargada, na 45ª volta, a bandeira amarela retornou. O inglês Mike Conway, da Dreyer&Reinbold, tentou passar Danica Patrick, da Andretti-Green, na curva quatro, tocando na norte-americana, que saiu da pista e perdeu duas voltas. Conway levou um drive-trough pela manobra, que foi considerada evitável pela direção da prova.

Dixon manteve o controle da corrida quando a bandeira verde foi novamente agitada, com Wilson em segundo, sem ameaçar o piloto da Ganassi.

Com a chegada da segunda sessão de pit stops, Wilson retardou a sua entrada em duas voltas. Com pouco combustível o inglês entrou lentamente nos pits na 62ª volta, tendo um problema mecânico na saída, ficando parado por alguns segundos e perdendo a chance de um excelente resultado.

Pouco depois Dixon, Briscoe e Franchitti entraram juntos nos boxes. Numa sequencia diferente de paradas, o norte-americano Marco Andretti, da Andretti-Green, apareceu em segundo. Mas ele ainda teria que parar mais duas vezes.

Com a parada de Andretti, Dixon liderava, com larga vantagem sobre Briscoe. Franchitti era o terceiro, a frente do norte-americano Grahan Rahal, da Newman-Haas-Lanigan. Na 71ª volta Rahal escapou da pista perdendo várias posições.

Dixon venceu com 29 segundos de vantagem sobre Briscoe. Franchitti foi o 3º. Hunter-Reay conquistou um ótimo resultado, terminando em 4º. O japonês Hideki Mutoh, da Andretti-Green, foi o 5º, seguido pelo parceiro de equipe, Andretti.  Substituindo o brasileiro Mario Moraes na KV, o canadense Paul Tracy chegou em 7º, com Rahal em 8º.

Raphael Matos, da Luczo Dragon, foi o melhor brasileiro na 9ª posição. Numa prova de recuperação Kanaan cruzou em 10º, com Castroneves duas posições depois.

Wilson, depois da desastrada segunda parada, foi o 13º. Correndo no lugar do holandês Robert Doornbos, que deixou a Newman-Haas-Lanigan, o espanhol Oriol Servià, chegou na 11ª posição. Doornbos, estreando na HWM, foi o 14º.

Dixon reassumiu a liderança do campeonato com 460 pontos, três a mais do que Briscoe. Franchitti é o 3º, com 440. Castroneves soma 359, em 4º. Kanaan é o 7º, com 294 e Matos o 14º, com 230.

A próxima etapa acontece no dia 23 de Agosto, em Sonoma, na Califórnia.

Final:

1º Scott Dixon [Chip Ganassi] em 1h46min05seg7985
2º Ryan Briscoe [Penske] +29seg7803
3º Dario Franchitti [Chip Ganassi] +30seg0551
4º Ryan Hunter-Reay [A. J. Foyt] + 33seg7307
5º Hideki Mutoh [Andretti Green Racing] + 34seg1839
6º Marco Andretti [Andretti Green Racing] + 46seg7669
7º Paul Tracy [KV Racing Technology] + 49seg7020
8º Graham Rahal [Newman Haas Racing] + 50seg4517
9º Raphael Matos [Luczo Dragon Racing] + 51seg2286
10º Tony Kanaan [Andretti Green Racing] + 52seg0810

11º Oriol Servià [Newman Haas Lanigan] + 52.6215
12º Hélio Castroneves [Penske] 53seg2362
13º Justin Wilson [Dale Coyne Racing] + 53seg5768
14º Robert Doornbos [HVM Racing] + 1 volta
15º Ernesto Viso [HVM Racing] + 1 volta
16º Dan Wheldon [Panther Racing] + 1 volta
17º Ed Carpenter [Vision Racing] + 1 volta
18º Richard Antinucci [Team Curb/3G] + 2 voltas
19º Danica Patrick [Andretti Green Racing] + 2 voltas
20º Mike Conway [Dreyer & Reinbold] + 16 voltas
21º Milka Duno [Dreyer & Reinbold] + 29 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *