IndyCar: Sem respostas suficientes, tribunal adia sentença de Castroneves mais uma vez

Pelo terceiro dia consecutivo, o tribunal adiou por mais uma vez o veredicto final sobre o caso de Hélio Castroneves. Após pedir as transcrições de mais dois depoimentos, o júri, formado por 12 pessoas, não chegaram à uma conclusão e, novamente, pediram maiores informações sobre o caso de evasão de dívidas e sonegação fiscal do piloto brasileiro da Penske.

A fase final do caso iniciou na última sexta-feira, após seis semanas de julgamento. Contudo, os jurados não entraram em um acordo unânime, o que impossibilita a finalização do veredicto.

Sem a sentença divulgada, o ‘Homem Aranha’ da IRL (Indy Racing League), ou Fórmula Indy, retornará ao tribunal de Miami nesta quarta-feira, quando Castroneves enfrentará mais uma audiência para aguardar o veredicto final.

Caso seja condenado, o piloto brasileiro, sua irmã e empresária, Katiluscia, e seu ex-advogado Allan Miller podem pegar até 35 anos pelas acusações pela sonegação e evasão financeira.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *