IndyCar: Takuma Sato vence GP de Portland

O japonês Takuma Sato (Rahal Letterman Lanigan Racing) venceu neste domingo (02/08) o GP de Portland, no Portland International Raceway, penúltima etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Sato no ano, e terceira na categoria. O norte-americano Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport) e o francês Sébastien Bourdais (Dale Coyne Racing with Vasser-Sullivan) completaram o pódio.

Sato assumiu a ponta, em definitivo, na 85ª volta, de 105 disputadas, recebendo a bandeira quadriculada com 0s6084 de vantagem sobre Hunter-Reay. Bourdais fechou o pódio.

Foi a primeira prova da IndyCar em Portland desde 2007.

O norte-americano Spencer Pigot (Ed Carpenter Racing) terminou em quarto

O neozelandês Scott Dixon (Chip Ganassi Racing) Dixon reassumiu a liderança do campeonato, após fazer uma grande prova de recuperação. Logo na primeira volta um múltiplo acidente na curva três envolveu cinco carros, levantando uma enorme nuvem e poeira. O canadense James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports) rodou, iniciando a confusão, com o norte-americano Marco Andretti (Andretti Autosport) voando por cima dos carros de Hinchcliffe e de Ed Jones (Chip Ganassi Racing), dos Emirados Árabes Unidos. O norte-americano Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Racing) também se envolveu na confusão, que deixou carros danificados, mas os pilotos ilesos.  Dixon e Hinchcliffe, que ficou várias voltas nos boxes para reparos, foram os únicos que voltaram para a prova.

Com a sua conhecida estratégia de economizar combustível, aliada as bandeiras amarelas no momento certo, Dixon superou também superou um drive-through (por excesso de velocidade nos pits). Terminando em quinto.

O francês Simon Pagenaud (Team Penske) foi o sexto, seguido pelos norte-americanos Charlie Kimball (Carlin) e Alexander Rossi (Andretti Autosport).

Rossi liderou o maior número de voltas, 32, mas acabou sendo prejudicado pelas bandeiras amarelas. Caindo para a vice-liderança do campeonato, 29 pontos atrás de Dixon, 598 a 569.

O brasileiro Pietro Fittipaldi (Dale Coyne Racing) terminou em nono, o seu melhor resultado na categoria.  Atual campeão o norte-americano Josef Newgarden (Team Penske) fechou os dez primeiros.

Os brasileiros Tony Kanaan e Matheus Leist, parceiro na A.J.Foyt Enterprises, terminaram na 11ª e 14ª posições, respectivamente.

A prova teve quatro bandeiras amarelas. A primeira logo na primeira volta, envolvendo Dixon, Hinchcliffe, Jones, Andretti e Rahal.

A segunda aconteceu quando o pole-position, o australiano Wil Power (Team Penske) acertou a barreira de pneus da curva 11, na 43ª volta. Power voltou a prova, terminando na 21ª posição, com sete voltas de atraso.

Na 56ª volta a terceira amarela foi agitada depois da rodada do norte-americano Zach Veach (Andretti Autosport) na curva 11.

O norte-americano Santino Ferrucci (Dale Coyne Racing) saiu da pista, acionando a quarta e última amarela na 76ª volta.

A última etapa, no Sonoma Raceway, acontece no dia 16 de setembro, com pontuação dupla.

Dixon, Rossi, Newgarden e Power (os dois últimos com pequenas chances), lutam pelo título.

Final:

1 – Takuma Sato – (Dallara-Honda) – RLL – 105 voltas
2 – Ryan Hunter-Reay – (Dallara-Honda) – Andretti – 0″6084
3 – Sebastien Bourdais – (Dallara-Honda) – Coyne – 1″8266
4 – Spencer Pigot – (Dallara-Chevy) – ECR – 4″5557
5 – Scott Dixon – (Dallara-Honda) – Ganassi – 5″3215
6 – Simon Pagenaud – (Dallara-Chevy) – Penske – 11″4605
7 – Charlie Kimball – (Dallara-Chevy) – Carlin – 12″0057
8 – Alexander Rossi – (Dallara-Honda) – Andretti – 13″3769
9 – Pietro Fittipaldi – (Dallara-Honda) – Coyne – 18″3753
10 – Josef Newgarden – (Dallara-Chevy) – Penske – 19″8044
11 – Tony Kanaan – (Dallara-Chevy) – Foyt – 22″1362
12 – Carlos Munoz – (Dallara-Honda) – SPM – 22″7069
13 – Gabby Chaves – (Dallara-Chevy) – Harding – 23″7138
14 – Matheus Leist – (Dallara-Chevy) – Foyt – 29″7958
15 – Jordan King – (Dallara-Chevy) – ECR – 32″1352
16 – Jack Harvey – (Dallara-Honda) – Shank – 32″4191
17 – Alfonso Celis – (Dallara-Chevy) – Juncos – 48″8038
18 – Max Chilton – (Dallara-Chevy) – Carlin – 55″2123
18 – Max Chilton – (Dallara-Chevy) – Carlin – 55″2123
19 – Zach Veach – (Dallara-Honda) – Andretti – 1 volta
19 – Zach Veach – (Dallara-Honda) – Andretti – 1 volta
20 – Santino Ferrucci – (Dallara-Honda) – Coyne – 4 voltas
21 – Will Power (Dallara-Chevy) – Penske – 7 voltas
22 – James Hinchcliffe (Dallara-Honda) – SPM – 29 voltas

Volta mais rápida: Carlos Munoz – 58″7403

Abandonos:

Graham Rahal (Dallara-Honda) – RLL – 2
Ed Jones (Dallara-Honda) – Ganassi – 0
Marco Andretti (Dallara-Honda) – Andretti – 0

Campeonato:

1. Dixon 598; 2. Rossi 569; 3. Power e Newgarden 511; 5. Hunter-Reay 462.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *