IndyCar: “Teremos quebra de recordes em São Paulo”, garante projetista do circuito

Tony Cotman cita melhorias no traçado e utilização do novo carro como justificativas

O neozelandês Tony Cotman, 44 anos, é o responsável pelo desenho e implantação dos 4.180 metros do Circuito do Anhembi, que receberá, nos dias 28 e 29 de abril, a terceira edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé. O traçado construído nas ruas de São Paulo fica na Zona Norte da capital paulista e utiliza um trecho da Marginal Tietê, passando ainda por dentro do Sambódromo do Anhembi, pela Avenida Olavo Fontoura e pela Rua Massinet Sorcinelli.

Cotman participou de todo tipo de projeto envolvendo circuitos urbanos na categoria – Long Beach, Las Vegas, San Jose, Edmonton e Toronto são exemplos de seu trabalho. Na entrevista abaixo, ele fala da opinião geral da F-Indy sobre o traçado, garante que haverá novos recordes em 2012 e diz até que torce pela vitória de um brasileiro.

O que você gostaria de destacar sobre a pista em 2012?
Tony Cotman – Se, de um lado, o layout geral do traçado permanece o mesmo, nós podemos esperar um show fantástico pois o novo carro foi responsável por equilíbrio e grandes corridas nas três provas que realizados até agora em 2012 (Saint Petersburg, Alabama e Long Beach). Com certeza teremos quebra de recordes e voltas muito rápidas mesmo – desde que o clima contribua. Além disso, a estreia de Rubens Barrichello torna esta prova um momento especial para o público brasileiro – e eu torço sinceramente para que o vencedor seja do Brasil!

A prova do dia 29 é a terceira edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé. Quais são as melhorias na pista feitas para a corrida?
TC – A maior parte das modificações feitas no traçado são relativas à drenagem, para evitar problemas com a chuva mais forte. No ano passado notamos algumas áreas onde as poças permaneciam. Então estas áreas foram corrigidas – apesar de não esperarmos chuva para este ano.

O piso em geral foi melhorado também? Como o senhor compara o nível de irregularidades do traçado em relação a outras pistas de rua?
TC – A repavimentação feita no ano passado tinha um excelente nível de qualidade. A única mudança significativa no piso para 2012 é a eliminação de algumas irregularidades do asfalto. Sempre há irregularidades no piso de pistas de rua, especialmente naqueles pelos quais muitos veículos trafegam rotineiramente – e não há dúvidas que este é o nosso caso. Em comparação a outras pistas de rua, a de São Paulo é boa e oferece muita aderência, o que é excelente para as corridas. Eu imagino que ainda permaneçam irregularidades em alguns pontos da pista, mas nada que mereça qualquer atenção.

TC – E o piso do Sambódromo, sofreu alguma preparação? O que os pilotos podem esperar em termos de aderência naquele trecho da pista?
O Sambódromo teve a superfície repreparada, da mesma forma que fizemos em 2011. Então estamos repetindo uma fórmula que funcionou de forma muito eficiente e por isso não haverá qualquer alteração de desempenho ali.

Qual a opinião das equipes e pilotos sobre as condições da pista em 2011?
TC – Todos ficaram muito contentes com as melhorias que implementamos no ano passado. A pista é rápida e oferece muitas oportunidades de ultrapassagem, elemento mais desejado pelos pilotos de qualquer categoria. Sem dúvida, vocês têm aí um traçado que oferece um grande show para o público.

INGRESSOS – Os ingressos para a etapa brasileira da IZOD IndyCar Series, que acontece no próximo dia 29 de abril, podem ser adquiridos no site oficial da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé (www.saopauloindy300.com.br) ou pelo endereço eletrônico da Livepass (www.livepass.com.br), além da central telefônica acessada pelo número (11) 4003-1527 (custo de ligação local, mais impostos), de segunda-feira a sábado, das 9h às 21h. Uma bilheteria oficial da prova (sem cobrança de taxa de conveniência) está disponível na capital paulista, no estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, s/n – Morumbi) com funcionamento de segunda-feira a domingo, das 10h às 18h. A bilheteria não funciona em dias de jogos no estádio. Estudantes, crianças entre cinco e 12 anos – acompanhadas pelos responsáveis -, e idosos acima de 65 anos têm direito a meia-entrada. As instalações também oferecem acessos para portadores de necessidades especiais.

A Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé terá transmissão ao vivo pelos canais Band e Bandsports, além das rádios Bandeirantes e BandNews FM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *