IndyCar: Tony confirma presença em Kentucky

Após o susto no último domingo no GP de Edmonton, quando seu carro pegou fogo após um abastecimento, Tony Kanaan está recuperado. O piloto sofreu algumas queimaduras leves no queixo e nariz, e de segundo grau nas mãos, mas passou a semana fazendo tratamento e já está liberado pelos médicos para correr o GP de Kentucky. A 12ª corrida da temporada acontece neste sábado (1) às 21h45 no Kentucky Speedway, oval de 1,5 milhas.


“Eu falei para o pessoal da minha equipe ficar tranquilo porque o ‘homem tocha’ vai correr em Kentucky”
, brincou o baiano, de 34 anos. “Meu queixo ainda está meio feio, mas as queimaduras nas mãos melhoraram bastante. Foi somente um grande susto mesmo”, emendou.

O baiano da Andretti Green terá um novo pacote aerodinâmico e algumas outras mudanças em seu bólido #11 para esta corrida. O GP de Kentucky também apresentará uma novidade da categoria. A partir desta prova, os carros terão um dispositivo “push to pass” para auxiliar nas ultrapassagens. Quando acionado o botão no volante, o ganho pode ser de cinco a 20 cavalos a mais de potência, dependendo da mistura de combustível utilizada. O limite do uso do dispositivo será definido a cada etapa, sendo que na corrida deste sábado poderá ser usado 20 vezes por 12 segundos cada, e com um intervalo mínimo de 10 segundos.

“Estou bem animado para este final de semana com as novidades aerodinâmicas e o push to pass, que acho que será um atrativo a mais para a corrida. Recebi muito apoio dos fãs, amigos, até pelo twitter, e vou fazer o máximo para retribuir com um bom resultado em Kentucky. Quem sabe, as coisas não mudam de vez e a gente briga por uma vitória neste sábado”
, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *