IndyCar: Tony Kanaan vai ao pódio em Detroit e assume a 3a posição no campeonato

Brasileiro ultrapassa Dan Wheldon na classificação do campeonato.

Na penúltima etapa do ano da Fórmula Indy, o brasileiro Tony Kanaan conquistou a 3a colocação no GP de Detroit, disputado neste domingo (31), e assumiu a mesma posição na pontuação geral do certame. O piloto da Andretti Green Racing largou na 8a posição e fez uma bela prova ao ganhar cinco posições e finalizar apenas atrás do compatriota Hélio Castroneves e do inglês Justin Wilson, vencedor da corrida. Na última prova em circuito misto da temporada, Kanaan conquistou o seu quarto pódio em seis corridas disputadas com curvas para direita e esquerda, sendo o único que finalizou todas entre os 10 primeiros.


“ Depois de largar na oitava colocação, fiquei bem feliz por terminar a corrida no pódio, ainda mais, nesse circuito travado”, destacou Tony. “Minha equipe trabalhou muito bem durante todo o final de semana, especialmente, na corrida, com ótimos pit stops que me fizeram ganhar algumas posições nas paradas. Tivemos que economizar combustível no final, além de enfrentarmos um problema na telemetria quando restavam 10 voltas. Então, ir ao pódio em duas semanas consecutivas é uma grande marca para nós. Realmente, estou contente”, descreveu o brasileiro, que finalizou na mesma 3a colocação na semana passada, em Sonoma.


O resultado obtido pelo campeão da categoria de 2004 nas ruas de Belle Isle o levou para a 3a colocação na classificação geral da competição, ultrapassando em 17 pontos o inglês Dan Wheldon, que abandonou a prova em Detroit. “ Estamos na briga pelo terceiro lugar no campeonato com o Dan, mas ainda não acabou. Está sendo uma decisão empolgante, não só pelo primeiro e segundo, como também pelo terceiro e quarto”, comentou Kanaan. Scott Dixon, líder do campeonato, finalizou na 5a colocação e foi beneficiado pela ordem da direção de prova para Castroneves ceder a primeira posição para Wilson, alegando que o brasileiro o bloqueou durante uma tentativa de ultrapassagem. Agora, a diferença entre Dixon e Castroneves é de 30 pontos, restando apenas o GP de Chicago, no próximo domingo (7), para acabar a temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *