Informações: CBA entrará com recurso junto ao MP do Rio contra prefeitura carioca

A Confederação Brasileira de Automobilismo, através do presidente Paulo Scaglione, comunicou nesta sexta-feira (14), que entrará com uma representação junto ao Ministério Público estadual carioca contra a Prefeitura do Rio de Janeiro. O recurso será enviado nesta segunda (17), devido ao descumprimento do acordo judicial firmado diante da Juíza da 6ª Vara da Fazenda Pública do Estado do Rio de Janeiro.

O acordo obrigava a prefeitura carioca deixar o Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, em condições de uso imediato para a realização das provas regionais e nacionais. Entretanto, a CBA informa que a quebra de acordo foi caracterizada pelas declarações do secretário especial para o Pan, Ruy Cezar, de que o autódromo não poderá receber competições devido as obras que estão sendo feitas em seu interior, para construir os módulos olímpicos.

De acordo com a CBA, as declarações do secretário contradizem a prefeitura, que declarou que as obras não interfeririam na pista. A afirmação foi feita diante da Juíza da 6ª Vara da Fazenda Pública.

As atitudes da atual administração municipal do Rio de Janeiro parecem não ter limites no que se refere ao desrespeito. Ao mesmo tempo em que se posiciona diante da Justiça e assume compromissos formais de curto, médio e longo prazos, essa mesma Prefeitura em apenas alguns dias contradiz tudo aquilo que assumiu diante do Judiciário. É uma administração que mente e desrespeita o automobilismo brasileiro e os profissionais que nele atuam. Como a administração municipal mostrou-se indigna de confiança, estamos impetrando novas ações na Justiça”, declarou Scaglione.

Devido às obras no interior do autódromo, a terceira etapa da Stock Car (Stock V8, Stock Light e Stock Jr.), que seria realizada nos dias 20 e 21 de maio, foi cancelada. As provas foram transferidas para o autódromo de Campo Grande (MS), na mesma data. O comunicado foi enviado pelo promotor da categoria, Carlos Col, nesta quinta-feira (13).

Além da representação na segunda-feira, A CBA irá adotar outras medidas judiciais cabíveis, por intermédio do advogado Dr. Felippe Zeraik.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *