Informações: Federação Paranaense terá eleições dia 30

A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) terá eleições no próximo dia 30, quando será eleita a nova diretoria que irá conduzir os destinos da entidade no quadriênio 2007/2010.



O pleito será realizado na sede da FPrA, à rua Engenheiro Niepce da Silva, 100, bairro Portão, em Curitiba. A primeira chamada está marcada para às 17h30, com a presença obrigatória de metade mais um dos clubes com direito a voto. Se houver necessidade, a segunda chamada está prevista para às 18h30, com qualquer número de presentes.



Os clubes com direito a voto, conforme edital de convocação, são: Associação Desportiva Automóvel Clube Internacional de Arrancada, Associação Desportiva Kart Clube Curitibano, Associação dos Kartistas da Região de Londrina, Associação Guarapuavana de Automobilismo, Auto Esporte Clube Afonso Pena, Automóvel Clube de Maripá, Automóvel Clube de Cascavel, Automóvel Clube Internacional de Curitiba, Automóvel Clube de Foz do Iguaçu, Automóvel Clube de Jandaia do Sul, Automóvel Clube de Ponta Grossa, Automóvel Clube de Telêmaco Borba, Automóvel Clube de Toledo, Automóvel Clube do Café, Jeep Clube de Curitiba, Jeep Clube de Londrina, Kart Clube de Guarapuava, Kart Clube de Londrina, Kart Clube de Pato Branco, Kart Clube do Café, Kart Clube Rio Negro, Motor Clube de Apucarana, Rallye Clube de Cascavel, Rallye Clube de Curitiba, Rallye Clube de Londrina, Rallye Pista Motor Clube.


Rubens Gatti, atual presidente, será candidato à reeleição. Ele encabeça a Chapa União e Trabalho, que está assim composta: Rubens Gatti (Rolândia), presidente; Valmor Weiss (Curitiba), vice-presidente; e Júlio Pacetti (Foz do Iguaçu), 2º vice-presidente. O Conselho Fiscal será composto por Roberto Cirino (Francisco Beltrão), Bento Tino (Foz do Iguaçu) e Delcio Bertasso (Apucarana) como membros efetivos. Já os suplentes do Conselho Fiscal serão Nelci Ferrari (Toledo) e Luiz Santos Camargo (Telêmaco Borba).


A novidade para a eleição deste ano é que os membros do Tribunal de Justiça Desportiva não serão mais eleitos. De acordo com o novo estatuto de FPrA o Tribunal será indicado pela diretoria, podendo ser desfeito no momento que se julgar necessário. O novo estatuto também cria a Comissão Disciplinar, que deverá atuar direto nos locais de competição.



Segundo Rubens Gatti, as mudanças darão mais agilidade e os julgamentos de recursos dos pilotos serão rápidos. “Acreditamos que vão acabar a pendência de julgamentos, que muitas vezes se arrastam por anos, simplesmente porque o Tribunal não se reunia para julgá-los. A Comissão Disciplinar também irá dar mais agilidade e será mais uma instância a mais para os pilotos. Ele atuará nas pistas e poderá resolver muitos casos, sem a necessidade de encaminhá-los ao TJD”, afirma Rubens Gatti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *