International GT Open: Marco Cioci/Daniel Serra e Valentin Pierburg/Tom Onslow-Cole vencem em Silverstone

As duplas formadas pelo italiano Marco Cioci e o brasileiro Daniel Serra (Ferrari 488/Luzich Racing) e o italiano Valentin Pierburg e o britânico Tom Onslow-Cole (Mercedes-AMG GT3/ SPS Automotive Performance) foram os vencedores da quinta etapa da temporada, disputada no Circuito de Silverstone, na Grã-Bretanha.

Cioci/Serra venceram a primeira prova (vencendo também na classe Pro). A dupla Giovanni Venturini/Jeroen Mul (Lamborghini Huracan/Imperiale Racing) terminou em segundo (vencedores na classe Pro Am), seguido pela dupla Fran Rueda/Andrés Saravia (BMW M6 GT3/BMW Team Teo Martin).

Serra alinhou na pole e manteve a ponta até a parada nos boxes. Cioci assumiu a Ferrari com 4s6 de vantagem. Nas voltas finais o italiano resistiu aos ataques de Mul, recebendo a bandeira quadriculada com 0s471 de vantagem. Rueda/Saravia completaram o pódio.

A dupla Alex Frassinet/Damiano Fioravanti (Lamborghini Huracan/Ombra Racing) terminou em quarto, seguida pela dupla Alessandro Pier Guidi/Mikkel Mac (Ferrari 488/Luzich Racing).  

Entre os demais brasileiros na prova Cacá Bueno/Ricardo Batista (Mercedes AMG GT3/Drivex School) terminaram em 14 (quinto na classe Pro Am); Marcelo Hahn/Allan Khodair (Mercedes AMG GT3/Drivex School)  em 16 (sétimo na Pro Am).

Giulio Borlenghi (Lamborghini Huracan GT3/ Vincenzo Sospiri Racing) em dupla com o polonês Andrzej Lewandowski, venceu na classe Am (sendo 19 no geral). Márcio Basso (BMW M6 GT3/BMW Team Teo Martin) em dupla com o ucraniano Alexey Chuklin, terminou em quarto na classe Am (24 no geral).

International GT Open: Marco Cioci/Daniel Serra e Valentin Pierburg/Tom Onslow-Cole vencem em Silverstone

Pierburg/Onslow Cole alinhar na pole e venceram a segunda prova. Venturini/Mul (vencedores na classe Pro) e Frassineti/Fioravanti completaram o pódio.

Pier Guidi/Mac terminaram em quarto, seguidos pela dupla Riccardo Agostini/Rik Breukers (Lamborghini Huracan/Imperiale Racing).

Cioci/Serra foram décimo colocados. Borlenghi/ Lewandowski venceram novamente na classe Am (19 no geral); Basso não se sentiu bem a noite, e Chulkin guiou sozinho  (segundo na Am e 20 no geral.

Bueno/Batista terminaram na 11 posição na classe Pro Am (21 no geral). Hahn/Khodair abandonaram na última volta. A dupla ocupava a segunda posição geral, quando a barra de direção quebrou.

Mac lidera o campeonato com 86 pontos, seguido por Saravia/Rueda com 77.

A penúltima etapa da temporada 2018 da GT Open está marcada para os dias 22 e 23 de setembro, no autódromo de Monza, na Itália.

Sábado 1 setembro 2018, prova 1:

1 – Cioci-Serra (Ferrari 488) – Luzich – 34 voltas
2 – Venturini-Mul (Lamborghini Huracan) – Imperiale – 0″471
3 – Rueda-Saravia (BMW M6) – Martin – 9″712
4 – Frassineti-Fioravanti (Lamborghini Huracan) – Ombra – 24″525
5 – Pier Guidi-Mac (Ferrari 488) – Luzich – 26″914
6 – Di Amato-Montermini (Ferrari 488) – RS – 30″175
7 – Ellis-Wilkinson (Audi R8) – Optimum – 35″255
8 – Salikhov-Perel (Ferrari 488) – Rinaldi Racing – 35″788
9 – Agostini-Breukers (Lamborghini Huracan) – Imperiale – 36″298
10 – Da Veiga-Alvarez (BMW M6) – Martin -36″883

Domingo 2 setembro 2018, prova 2:

1 – Pierburg-Onslow-Cole (Mercedes-AMG GT3) – SPS – 30 voltas
2 – Venturini-Mul (Lamborghini Huracan) – Imperiale – 6″867
3 – Frassineti-Fioravanti (Lamborghini Huracan) – Ombra – 9″499
4 – Pier Guidi-Mac (Ferrari 488) – Luzich – 10″055
5 – Agostini-Breukers (Lamborghini Huracan) – Imperiale – 12″196
6 – Rueda-Saravia (BMW M6) – Martin – 12″766
7 – Di Amato-Montermini (Ferrari 488) – RS – 21″581
8 – Crestani-Ramos(Lamborghini Huracan) – Lazarus – 28″169
9 – Di Folco-Costantini (Lamborghini Huracan) – Target – 40″642
10 – Cioci-Serra (Ferrari 488) – Luzich – 42″143

Campeonato:

1. Mac 86; 2. Saravia-Rueda 77; 3. Venturini-Mul 72; 4. Pier Guidi 70; 5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *