IRL: Conheça um pouco mais sobre a Panther, equipe de Vitor Meira

A Panther estreou na Indy em 1998. Em 1999, obteve as duas primeiras vitórias com Scott Goodyear, que ganhou mais uma corrida em 2000. Em 2001, Sam Hornish Jr. deu à equipe de Indianápolis o primeiro título, com três vitórias. O bicampeonato do piloto e da equipe viria em 2002, com cinco vitórias. Em 2003, Sam venceu mais três corridas pela Panther, que voltaria ao topo do pódio no ano passado, com Tomas Scheckter ganhando a etapa do Texas.

Foi justamente com um carro da Panther que Vitor Meira teve o primeiro contato com a Indy. A experiência aconteceu no Texas, em 2000, logo depois de conquistar o título do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3. Em 2001, o piloto disputou a Fórmula 3000 européia, fechando a temporada em quinto lugar. A volta às pistas da Indy ocorreu na temporada seguinte – após um teste pela Menard, foi convidado a disputar as quatro últimas etapas.

Naquelas quatro corridas, Vitor largou três vezes entre os cinco primeiros. Na etapa final, novamente no Texas, obteve sua primeira pole na categoria e foi o terceiro colocado na corrida. Em 2003, ainda pela Menard, disputou dez provas. No ano seguinte, foi contratado pela Rahal-Letterman como piloto de testes. Já a partir da terceira etapa, passou a titular, tendo respondido pelo acerto do carro que levou Buddy Rice à vitória nas 500 Milhas de Indianápolis.

Em 2005, Vitor disputou sua primeira temporada completa na Indy, ainda pilotando para a Rahal-Letterman. Foi segundo colocado em Indianápolis e voltou ao pódio no Kentucky, onde também foi segundo, no Kansas e em Fontana, com dois terceiros lugares. Terminou o campeonato em sétimo – foi o melhor colocado entre os três integrantes da equipe comandada pelo ex-piloto Bobby Rahal e pelo apresentador de televisão David Letterman.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *